publicidade
01/01/20
Gilmar Dal Pozzo quer concluir o trabalho no Náutico em 2020. Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Gilmar Dal Pozzo quer concluir o trabalho no Náutico em 2020. Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem

Gilmar Dal Pozzo estabelece terminar a temporada no Náutico como meta de 2020

01 / jan
Publicado por Fernando Castro em Náutico às 9:33

É comum entre as pessoas durante a virada do ano estabelecer objetivos pessoais para o novo período que chega. E para os profissionais do futebol não é diferente. Campeão da Série C pelo Náutico, o técnico Gilmar Dal Pozzo estipulou a permanência no clube pernambucano até o final da temporada como meta pessoal para 2020. O treinador entende que a continuidade no trabalho leva o clube ao sucesso.

“Minha meta pessoal, sinceramente, é acabar o meu trabalho. Se me deixarem terminar o meu trabalho eu consigo as metas e os objetivos traçados pelo clube, é aquilo que eu vou pedir agora na vidada de ano, além de agradecer tudo de bom que aconteceu nesse ano. Eu vejo o futebol assim. Eu vejo o Liverpool jogando em alto nível e sendo o melhor time do mundo, porque teve um trabalho de cinco anos do técnico”, comentou Gilmar Dal Pozzo.

O treinador alvirrubro ainda revelou que recebeu propostas para deixar o Náutico no final da Série C, mas entendeu que dar continuidade no trabalho era o melhor para ele e para o clube. “Eu tive opções para sair agora do Náutico, mas entendi que a minha continuidade e sequência de carreira era no Náutico e quero que o torcedor e a diretoria tenham também essa percepção. É a continuidade que leva o sucesso da equipe. E se chegar no final do ano e não ganharmos nenhum título, quero deixar uma herança boa, deixar uma base”, destacou Dal Pozzo.

Durante a primeira passagem no Náutico, Gilmar Dal Pozzo foi demitido do clube após ser eliminado na semifinal do Campeonato Pernambucano de 2016, contra o Santa Cruz. Até então, o treinador tinha um rendimento positivo sob o comando do clube, com mais de 60% de aproveitamento. Na oportunidade, o técnico não escondeu a chateação com a demissão, lamentando a decisão da diretoria por meio de uma nota oficial. Um ano depois, Dal Pozzo voltou a ter um trabalho interrompido, dessa vez no Ceará, com apenas nove jogos disputados e cinco vitórias.

LEIA MAIS

>Zagueiro Carlão e lateral Bahia permanecem no elenco profissional do Náutico

>Jhonnatan e Diego Silva voltam a trabalhar com bola no Náutico

>Técnico Gilmar Dal Pozzo revela nomes de dois volantes no radar do Náutico

NÁUTICO

Sem esconder o objetivo de subir o Náutico para a Série A em 2020, Gilmar Dal Pozzo quer antes deixar o clube estruturado, com um trabalho consolidado. “Eu quero muito que o Náutico ganhe títulos, porque para mim vai ser bom, quero que o Náutico suba para uma Primeira Divisão, vai ser ótimo para mim, mas eu também quero que o Náutico suba para a Série A com estrutura, para não subir e descer no ano seguinte. Quero o clube fazendo campanhas boas, consolidando um trabalho, pensando alto como o torcedor. Eu quero subir para ficar, porque o universo da Série A é totalmente diferente da Série C e da Série B, então meu desejo é esse”, completou Dal Pozzo.


FECHAR