publicidade
29/12/19
Foto: divulgação/ Sport
Foto: divulgação/ Sport

Mesmo com elenco reformulado, Sport quer ir longe na Copa São Paulo

29 / dez
Publicado por Filipe Farias em Notícias às 10:02

Um dos cinco clubes que vão representar Pernambuco na Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2020, o Sport quer apagar a campanha feita nesse ano, quando foi eliminado pelo Cruzeiro logo na segunda fase da competição, ao empatar em 1×1 e perder nos pênaltis por 5×3. Para tentar ir mais adiante no torneio, o Leão primeiro vai ter de passar da fase de grupos, onde caiu na chave 28, com sede em Osasco, ao lado de Audax-SP, Desportiva-PA e Moto Club-MA – se classificam à segunda fase os dois primeiros de cada um dos 32 grupos.

O técnico do Sport na Copa São Paulo, César Lucena, ex-zagueiro do clube, terá um desafio ainda maior, já que o time do sub-20 foi bastante reformulado, com jogadores mais rodados em competições de base, como: Pablo Pardal, Pedro Maranhão, Alê Santos e Mikael estourando a idade. Com isso, a equipe leonina terá de encarar a competição de Juniores com atletas mais jovens, do sub-17. “Nosso principal objetivo é se classificar e passar da primeira fase. Vamos trabalhar por partes. Sabemos da dificuldade de se jogar uma Copa São Paulo, competição mais importante da categoria do Brasil. O Sport tem tradição, sendo que muitos jogadores que vamos levar não têm idade para disputar a Copa São Paulo. Estamos com um time muito jovem, mas com muita qualidade e com boas peças individuais”, declarou César.

Com relação ao grupo do Sport, o comandante rubro-negro reconhece o favoritismo do Leão, mas prega cautela diante dos rivais. “É um grupo que, teoricamente, o Sport é o favorito. Mas futebol é muito igual e, muitas vezes, a equipe que não é tão conhecida no cenário brasileiro, como a Desportiva-PA e o Audax, que não têm tanta fama, montam bons times. E, na Copa São Paulo, os jogadores buscam aparecer para os grandes clubes do Brasil. E acabam jogando sem a responsabilidade do resultado. Nosso analista de desempenho está buscando informações de como esses times virão e vamos para lá preparados”, garantiu Lucena.

A fase mais avançada que o Sport chegou na principal competição de Juniores do País foi às quartas de final. Por duas vezes: 1997 e 2016. César Lucena sabe que se conseguir conduzir o time rubro-negro em voos mais altos, será uma grande vitrine para a sua curta carreira como treinador. “Esse é o meu primeiro ano como técnico e, claro, a Copa São Paulo é uma oportunidade única para todo treinador. Ainda mais para mim que estou começando. Estou com vontade de chegar e fazer um bom trabalho com a ajuda dos atletas para fazer uma boa campanha e render frutos”.


FECHAR