publicidade
10/12/19
O assediador foi banido de todas as competições futuras organizadas pelo evento. Foto: Reprodução/Redes sociais
O assediador foi banido de todas as competições futuras organizadas pelo evento. Foto: Reprodução/Redes sociais

Repórter é assediada ao vivo durante maratona

10 / dez
Publicado por Pedro Alves em Notícias às 16:32

No último sábado(7), uma repórter americana foi assediada por uma atleta que corria no evento Savannah Bridge Run, na Geórgia, Estados Unidos. Alex Bozarjian estava transmitindo a maratona de 10 km e os participantes passavam atrás da repórter acenando para a câmera. Até que um homem de chapéu preto e óculos escuro se aproveitou da situação para apalpá-la. 

Os organizadores do evento se prontificaram para identificar o autor do crime. A jornalista divulgou o caso nas redes sociais. O homem foi identificado como Tommy Calloway e banido para sempre de todas as provas futuras. 

Leia Também

Clássico entre Barcelona x Real Madrid pode ser adiado pela segunda vez nesta temporada

Flamengo não quer pagar R$ 10 mil e recorrerá de decisão da tragédia

Em seu Twitter particular, Alex Bozarjian repudiou a atitude do assediador, afirmando que nenhuma mulher deve passar por essa situação em nenhum lugar. “Para o homem que bateu na minha bunda na TV ao vivo hoje de manhã: você me violou, objetou e me envergonhou. Nenhuma mulher NUNCA deve ter que aturar isso no trabalho ou em qualquer lugar!! Faça melhor”, twittou Alex. 

“Não toleraremos comportamentos como esse em um evento do Savannah Sports Council”, twittou o Savannah Sports Council. “Decidimos proibir esse indivíduo de se inscrever em todas as corridas pertencentes ao Savannah Sports Council”, completou.

 


FECHAR