publicidade
09/12/19
Bahia, Ceará, Fortaleza e Sport serão os representantes do Nordeste na Série A. Fotos:  Divulgação / Bahia Ceará, Fortaleza e Sport
Bahia, Ceará, Fortaleza e Sport serão os representantes do Nordeste na Série A. Fotos: Divulgação / Bahia Ceará, Fortaleza e Sport

Nordeste terá recorde de representatividade no Brasileirão em 2020

09 / dez
Publicado por Diego Borges em Campeonato Brasileiro Série A às 11:07

Ao narrar a batalha de Canudos na obra ‘Os Sertões’, o escritor Euclides da Cunha descreve o povo sertanejo nordestino como ‘antes de tudo, um forte’. E com a definição das configurações dos participantes das Série A e B para o ano de 2020, o futebol do Nordeste reafirmará a sua força no Campeonato Brasileiro e estabelecerá um novo recorde na era dos pontos corridos. Será o melhor ano em qualidade da representatividade nas duas primeiras divisões do futebol nacional, com dez clubes nordestinos entre os 40, num total de 25%.

LEIA TAMBÉM

O futuro de Rithely no Sport ainda é incerto

Direção comenta sobre reforços da Série A e situação de Kieza e Ronaldo Alves

Santa Cruz adota método de contratos por produtividade com atletas

 

De fato, em 2014, a mesma fatia de 1/4 dos clubes das Séries A e B já havia sido alcançada pelo futebol nordestino. No entanto, naquela ocasião, apenas três clubes disputaram a Série A, enquanto em 2020, os nordestinos terão novamente quatro representantes, mantendo a marca estabelecida pelo terceiro ano consecutivo, agora com Bahia, Ceará, Fortaleza e Sport na Primeira Divisão, enquanto Confiança, CRB, CSA, Náutico, Sampaio Corrêa e Vitória disputarão a Série B.

 

A marca para 2020 se torna ainda mais expressiva quando comparada aos três primeiros anos em que a CBF adotou o modelo de pontos corridos para a Série A do Campeonato Brasileiro. Em 2003 e 2004, 48 clubes disputaram as duas séries principais e a Região Nordeste emplacou oito (16,6%) e nove (18,7%) e equipes nos respectivos anos.

E em 2005, último ano antes da implementação dos pontos corridos também para a Série B e a estabilização do modelo de vinte clubes para ambas as divisões, o Nordeste teve apenas oito das 44 equipes, com 18,2% do total de representatividade.

CONFIRA OS DADOS

PONTOS CORRIDOS NA SÉRIE A

2003 (24 clubes)

A Bahia, Fortaleza e Vitória

B Ceará, CRB, Náutico, Santa Cruz e Sport,

2004 (24 clubes)

A Vitória

B América-RN, Bahia, Ceará, CRB, Fortaleza, Náutico, Santa Cruz e Sport

2005 (22 clubes)

A Fortaleza

B Bahia, Ceará, CRB, Náutico, Santa Cruz, Sport, Vitória

PONTOS CORRIDOS NA A E NA B

2006

A Fortaleza e Santa Cruz

B América-RN, Ceará, CRB, Náutico e Sport

2007

A América-RN, Náutico e Sport

B Ceará CRB, Fortaleza, Santa Cruz e Vitória

2008

A Náutico, Sport e Vitória

B ABC, América-RN, Bahia, Ceará, CRB e Fortaleza

2009

A Náutico, Sport e Vitória

B ABC, América-RN, Bahia, Campinense, Ceará e Fortaleza

2010

A Ceará e Vitória

B América-RN, ASA, Bahia, Icasa, Náutico e Sport

2011

A Bahia e Ceará

B ABC, ASA, Icasa, Náutico, Salgueiro, Sport e Vitória

2012

A Bahia, Náutico e Sport

B ABC, América-RN, ASA, Ceará, CRB e Vitória

2013

A Bahia, Náutico e Vitória

B ABC, América-RN, ASA, Ceará, Icasa e Sport

2014

A Bahia, Sport e Vitória

B ABC, América-RN, Ceará, Icasa, Náutico, Sampaio Corrêa, Santa Cruz

2015

A Sport

B ABC, Bahia, CRB, Ceará, Náutico, Sampaio Corrêa e Santa Cruz

2016

A Santa Cruz, Sport e Vitória

B Bahia, Ceará, CRB, Náutico e Sampaio Corrêa

2017

A Bahia, Sport e Vitória

B ABC, Ceará, CRB, Náutico e Santa Cruz

2018

A Bahia, Ceará, Sport e Vitória

B CRB, Fortaleza, Sampaio Corrêa

2019

A Bahia, Ceará, CSA e Fortaleza

B CRB, Sport e Vitória

2020

A Bahia, Ceará, Fortaleza e Sport

B Confiança, CRB, CSA, Náutico, Sampaio Corrêa e Vitória


FECHAR