publicidade
09/12/19
Foto: Tiago Morais/ Rádio Jornal
Foto: Tiago Morais/ Rádio Jornal

Com alto salário, Rithely pode ser emprestado pelo Sport ao Atlético-MG

09 / dez
Publicado por Filipe Farias em Notícias às 19:03

Apesar de o Internacional já ter deixado claro para a diretoria do Sport que não conta com Rithely em 2020 – não tem interesse de renovar o empréstimo -, o volante dificilmente volta à Ilha do Retiro no próximo ano. Isso porque, o patamar financeiro do jogador está acima do que a direção leonina pretende trabalhar – especula-se que Rithely receba um ordenado de R$ 250 mil.

Diante disso, os dirigentes rubro-negros estão trabalhando nos bastidores para tentar emprestar novamente o volante, que tem contrato com o Leão até janeiro de 2022, para se livrar do elevado salário que ele tem em contrato. A ideia é usar Rithely como uma possível moeda de troca para a aquisição de outros atletas que possam chegar ao Sport na mesma condição: por empréstimo.

De acordo com apuração da reportagem do Jornal do Commercio, existe uma possibilidade real de Rithely ser emprestado ao Atlético-MG. E, em contrapartida, o atacante Hyuri e o volante Yago seriam cedidos para jogarem por mais um ano com a camisa rubro-negra.

O JC entrou em contato com Rui Costa, diretor de futebol do Atlético-MG, que informou que ainda não foi procurado por ninguém do Sport. “Não posso falar de hipótese. Não teve nenhum contato conosco e nenhum pedido nesse sentido”, declarou o dirigente do clube mineiro, que acrescentou sobre a situação de Hyuri. “Se ele não permanece vinculado ou emprestado, ele tem de se apresentar aqui. Evidentemente que já temos o planejamento de todos os atletas que vão retornar e se não houver manifestação de um interesse do clube que ele está, a tendência é que ele se apresente no clube em janeiro”, concluiu Rui.

PARCERIA

O mistério nesse período de negociações é normal. Porém, nesse caso, vale ressaltar a boa relação das diretorias de Sport e Atlético-MG. Desde que Milton Bivar assumiu a gestão rubro-negra, no início do ano, ele e seus dirigentes têm primado pela política de parcerias com outros clubes. E, uma das agremiações que firmaram bons acordos com o Leão, foi a do Galo.

Tanto que o volante Jair, que tinha contrato com o Sport até o final de 2019, chegou a acionar o Sport na Justiça e conseguiu uma liminar para jogar em outro clube. Porém, a diretoria leonina conseguiu costurar a situação em relação aos atrasados e o negociou com o Atlético-MG… Que futuramente viria a emprestar Hyuri e Yago para o Leão.

Vale lembrar que o Sport também manteve um bom relacionamento com outros clubes, que acabaram cedendo atletas para reforçar o elenco rubro-negro em 2019: Athletico-PR (Eder e Cleberson); Internacional (Charles); Grêmio (Guilherme, Rafael Thyere e Kaio); São Paulo (William Farias); Palmeiras (Yan); Botafogo (Leandrinho e Ezequiel).

Como o Sport pretende manter os pés no chão, sem contratações fora da realidade financeira do clube, essa mesma política de parcerias deve ser mantida para a próxima temporada.


FECHAR