publicidade
28/11/19
Clube usou a hashtag. Foto: Reprodução/Twitter
Clube usou a hashtag. Foto: Reprodução/Twitter

Flamengo comemora título do Brasileiro com hashtag de sete conquistas

28 / nov
Publicado por Karoline Albuquerque em Futebol nacional às 19:58

O Flamengo recebeu a taça de campeão Brasileiro 2019 na noite desta quarta-feira (27), após a vitória por 4×1 sobre o Ceará, no Maracanã. Além do troféu, os jogadores do time rubro-negro receberam as medalhas. Em suas redes sociais oficiais, o clube carioca usou uma hashtag que cita a conquista de sete títulos, reascendendo a polêmica com o Sport sobre um dos títulos.

Os posts dos lances do jogo no Twitter e os vídeos da comemoração em seguida estavam acompanhados da hashtag #OBrasileiroJaGanhamos7. Na conta do Flamengo, o clube venceu as edições de 1980, 1982, 1983, 1987, 1992 e 2009, fazendo até uma medalha comemorativa com a lista.

LEIA MAIS:

>Guto Ferreira garante mandar força máxima do Sport diante do Atlético-GO

>Sport, Santa, Náutico, Petrolina e Retrô conhecem adversários na Copa São Paulo

>Sport deve ter cinco mudanças para encarar o Atlético-GO fora de casa


Mas, o título de 1987 é bastante controverso. A polêmica que já se arrasta por três décadas começou porque o Sport foi reconhecido como campeão do Brasileiro daquele ano. Tudo porque a CBF estava mal financeiramente e deixou que os clubes organizassem a competição daquela temporada.

O Clube dos 13, composto por Atlético-MG, Bahia, Botafogo, Corinthians, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Santos, São Paulo e Vasco, organizou a Copa União. A entidade maior do futebol brasileiro interferiu e criou o Módulo Amarelo, onde estava o Sport.

No grupo da CBF, Sport e Guarani foram os finalistas, enquanto Flamengo e Internacional encabeçaram o Módulo Verde. Mas, o carioca e o gaúcho se recusaram a jogar o mata-mata. Assim, com o jogo entre Leão e Bugre, o time pernambucano se sagrou campeão, tanto que disputou a Libertadores da América no ano seguinte.

Em 2018, o Supremo Tribunal de Justiça (STF) deu ganho de causa ao time pernambucano e arquivou o processo. A CBF sugere uma divisão do título. Tanto que, só nesta semana, a entidade já evitou chamar o Flamengo de heptacampeão brasileiro e depois voltou atrás.

O presidente do Sport Milton Bivar já se pronunciou sobre o caso no último domingo (24), dia da conquista dos cariocas, ressaltando que não há mais o que discutir. “O que vale é o que está na Justiça. Nesse aspecto, não tem como impedir um torcedor ou um dirigente de falar. Legalmente, podemos nos defender quanto a opiniões das instituições. Não é possível que em uma país democrático como o nosso a decisão do Judiciário não seja respeitada”, afirmou na ocasião.


FECHAR