publicidade
26/11/19
Foto: AFP
Foto: AFP

Zagueiro Marquinhos não consegue imaginar PSG sem Neymar e Mbappé

26 / nov
Publicado por Klisman Gama em Futebol Internacional às 14:22

AFP – O zagueiro brasileiro Marquinhos afirmou nesta segunda-feira, na véspera de enfrentar o Real Madrid pela Liga dos Campeões, que “é difícil ver um futuro do PSG” sem suas principais estrelas, Neymar e o francês Kylian Mbappé.

“É difícil ver um futuro do PSG sem Mbappé. É muito importante”, elogiou Marquinhos em coletiva de imprensa prévia ao duelo contra o Real em Madri. “Não é só Zidane que está apaixonado por este garoto, que já ganhou títulos muito importantes tanto no clube como na seleção”, completou o zagueiro, afirmando que “temos sorte dele estar com a gente. É um jogador que pode nos fazer ganhar jogos”.

LEIA MAIS

>> Emissora suspende Van Basten após polêmica por uso de saudação nazista

>> Veja onde assistir Real Madrid x PSG pela Liga dos Campeões

>> Agüero será desfalque por “várias semanas”, anuncia Guardiola

>> “Cristiano Ronaldo está melhorando”, diz Sarri, sem confirmar atacante na Champions

>> Alvo de racismo até no próprio clube, Balotelli pode sair do Brescia

Marquinhos respondia assim às declarações do técnico do Real Madrid, Zinedine Zidane, que mais cedo afirmou estar “apaixonado” por Mbappé. Mas, da mesma maneira que Marquinhos não vê Mbappé longe de Paris, o zagueiro tem dificuldade para “imaginar um PSG sem Neymar”. “É um grande jogador, um grande amigo. Você sempre quer ao seu lado os bons jogadores, os bons amigos, as pessoas com quem você se relaciona”, declarou.

Marquinhos considera que Neymar, recuperado de uma lesão na coxa, está pronto para jogar, após o atacante reaparecer na equipe no último fim de semana contra o Lille. “Está pronto para começar jogando. O técnico sabe. Ninguém gosta de ficar no banco em um jogo como este, importante, no Bernabéu”, analisou.

Embora o PSG já tem no bolso a vaga nas oitavas de final da Liga dos Campeões, Marquinhos pediu para que a equipe não relaxe e busque contra o Real uma vitória que garanta o primeiro lugar do grupo A. “Já estamos classificados, temos outros objetivos e o primeiro lugar é um deles. Não podemos cair no relaxamento, temos que jogar com a mentalidade adequada”, concluiu.


FECHAR