publicidade
26/11/19
Foto: Luka Gonzalez/AFP
Foto: Luka Gonzalez/AFP

Opinião: mesmo com dois títulos, não dá para prever uma hegemonia do Flamengo

26 / nov
Publicado por Carlyle Paes Barreto em Notícias às 11:02

Apesar de o Flamengo ter conquistado dois títulos importantes em menos de 24 horas, mostrando superioridade técnica em relação aos adversários, não dá para prever uma hegemonia rubro-negra. Mesmo com o protecionismo nas cotas de TV.

Nos últimos anos, já apareceram supertimes. Campeões também. Mas que não tiveram vida longa. Como o próprio Flamengo de 2009, o Cruzeiro de 2003, o Santos de 2004, o Inter de 2006.

Quem mais estendeu um domínio foi o São Paulo, tricampeão entre 2006 e 2008, com a base que conquistara antes o título mundial de 2005. Além do Cruzeiro, ainda bicampeão em 2013 e 2014.

LEIA TAMBÉM

> Sport se reapresenta com três ausências no treinamento

> CBF respeita STF, reconhece Sport como único campeão de 87 e Fla como hexa

> Presidente do Sport rebate Flamengo que se autointitulou heptacampeão brasileiro

No caso do Flamengo, mesmo com a manutenção do atual time, é difícil dizer se a atual diferença para os rivais será mantida. Porque no futebol há vários fatores que sobressaem à técnica. Especialmente a condução de vestiário. E isto aparece com mais força depois do primeiro ano. Mesmo tendo sido brilhante. Os exemplos anteriores são referências.


FECHAR