publicidade
24/11/19
Guilherme-Sport-AndersonStevens
Guilherme-Sport-AndersonStevens

Guilherme faz balanço no Sport: Gols, artilharia, família e secador

24 / nov
Publicado por Leonardo Silva em Notícias às 17:28

De bem com a vida e com a bola, Guilherme foi um dos principais nomes do Sport neste ano de 2019. Artilheiro da Série B com 17 gols, o atacante aguarda pra ver se não será alcançado pelos concorrentes até o fim do torneio no próximo fim de semana. Independentemente do título de goleador, ele foi um dos responsáveis diretos pelo retorno do Leão à Série A. Com uma grande proposta do futebol japonês, ele dificilmente deve permanecer na Ilha do Retiro no próximo ano. Um dia depois da conquista do acesso, ele recebeu a TV Jornal e fez um balanço deste que foi o melhor ano da sua carreira.

ELENCO
“Se eu fosse definir o grupo deste ano com uma palavra ela seria família. Acho que foi além de um elenco, foi uma junção de várias coisas. Acredito que era muito prazeroso estar com a rapaziada no dia a dia. Todo mundo se entende muito bem, todo mundo se gosta. É uma amizade gigantescas que tem lá dentro. Vocês acompanhavam no dia a dia, é um clima leve, independentemente dos resultados. Foi uma família que a gente construiu”

EMPATES
“Os empates confesso que nos incomodaram bastante, mas foram eles também que nos ajudaram, né? Sempre melhor empatar do que perder. Então foram 16 pontos que a gente conquistou com empates. Isso foi de suma importância para o nosso acesso. E que não foi fácil”

MOMENTO MAIS DIFÍCIL
“Acho que contra a Ponte Preta pelo fato que a gente não conseguiu fazer um grande primeiro tempo e sainda atrás do placar ainda. Teve aquela reação do torcedor que acabou nos vaiando quando saimos do campo no primeiro tempo. A gente até entende. No vestiário teve aquela apreensão. Todo mundo meio cabisbaixo pelo resultado e a gente precisava só empatar para conseguir o acesso. Foi um momento bem difícil, mas aí mostra a força da família do nosso grupo. Voltamos pra o segundo tempo com uma outra situação”

GOL MAIS IMPORTANTE
“Acho que dos 21 gols que eu fiz no ano os dois contra a Ponte Preta foram os mais importantes e mais festejados pelo Guilherme. Cara, uma emoção gigantesca. Uma noite que vai ficar marcada. Se não foi a noite mais especial da minha vida, foi uma das mais especiais pelo fato de colocar esse time na Série A novamente”

BROCADOR
“A lesão dele provou uma chateação gigantesca não só em mim, mas em todo o grupo. Perder um jogador como o Hernane que nos ajudou muito, era o nosso artilheiro até então. E aí quando ele ficou de fora veio aquela sobrecarga. Com certeza me preocupei muito pelo fato da nossa harmonia dentro de campo. Eu e o Hernane a gente se entendeu muito bem durante o ano. Acabamos perdendo ele devido à lesão”

ELTON
“Quero aproveitar pra parabenizar também o trabalho do Elton. Ele entrou, foi muito bem, acabou nos ajudando muito lá em Ribeirão Preto, acabou fazendo um gol e deu uma assistência pra mim. Agora no último jogo contra a Ponte Preta foi fundamental dando uma assistência, fora o jogo inteiro brigando”

SECADOR
“Não tem outro jeito vou ficar lá em casa com a família e vendo os últimos jogos pra dar aquela secadinha boa para que os concorrentes não me alcancem e eu consiga ficar com a artilharia do campeonato. Confesso que eu não imaginava. Onde eu passei eu não nunca tive esse faro de artilheiro, fazia uns gols aqui e acolá, mas aqui no Sport foi algo diferente. As coisas começaram a acontecer, foi saindo um gol atrás do outro. Pra mim alcançar essa artilharia vai ser algo inédito”


FECHAR