publicidade
08/11/19
A treinadora chegou ao seu quinto jogo com o Brasil, vencendo quatro e empatando um. Foto: Daniela Porcelli/CBF
A treinadora chegou ao seu quinto jogo com o Brasil, vencendo quatro e empatando um. Foto: Daniela Porcelli/CBF

Pia Sundhage destaca satisfação com desempenho da seleção brasileira

08 / nov
Publicado por Karoline Albuquerque em Futebol Feminino às 14:15

O Brasil chegou a sua quarta vitória sob o comando da técnica sueca Pia Sundhage, na goleada desta quinta-feira (7) sobre o Canadá, pelo Torneio Internacional da China. Em cinco jogos com a treinadora, a seleção brasileira empatou apenas um. O mais novo triunfo foi bastante elogiado pela comandante, principalmente pela postura apresentada em campo.

A técnica celebrou os quatro gols e ressaltou que o Canadá é um adversário complicado. Mas, a posse de bola e os espaços encontrados ajudaram o Brasil. “Nos fez criar muitas chances de gol, principalmente no primeiro tempo. Eu estou muito feliz, foi muito bom! No segundo tempo, nós não começamos bem, porque elas colocaram muita pressão sobre nós, mas por outro lado, nós acabamos marcando outro gol com a Bia”, destacou.

LEIA MAIS:

>Brasil enfrenta anfitriã na final do Torneio Internacional da China

>Seleção goleia o Canadá em semifinal de torneio na China

>Sucesso da Copa do Nordeste encerra primeiro dia do Confut

Sob o comando da sueca, o Brasil marcou 14 gols, uma média de quase três por partida. Pia enfatiza que “vencer é contagioso”, por isso é importante manter um bom ritmo de jogo e as redes balançadas, para que haja ainda mais confiança em campo, algo que ela tem ganhado mais e mais na área técnica. A técnica também enxerga em seu grupo muitas jogadoras capazes de marcar.

“Agora, o que foi diferente em relação aos outros jogos, é que nós atuamos melhor no primeiro tempo. Nas outras partidas, acredito que nós jogamos melhor no segundo tempo. Eu acho que fomos bem, mas sempre podemos melhorar mais. Porém, teremos alguns jogos antes das Olimpíadas, no próximo ano, mas por enquanto, tem sido uma caminhada muito interessante”, completou.

A seleção brasileira volta a campo no domingo (10). A adversária da vez é a anfitriã China, que venceu a Nova Zelândia por 2×0 em sua semifinal. O jogo da final começa às 8h45 (horário de Brasília), em Chongqing, na China.


FECHAR