publicidade
01/11/19
Rafael Thyere pede calma e tranquilidade nos seis jogos restantes. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Rafael Thyere pede calma e tranquilidade nos seis jogos restantes. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Zagueiro minimiza derrota, afirmando que o Sport perde pouco

01 / nov
Publicado por Karoline Albuquerque em Notícias às 16:17

Se o objetivo do Sport era voltar dos dois jogos fora com ao menos quatro pontos somados, agora só restam três da partida da próxima segunda-feira (4), em Curitiba. Diante do Guarani, na noite de quinta-feira (31), perdeu a partida nos acréscimos do segundo tempo e nem o empate, que seria o 15º do time na Série B do Campeonato Brasileiro, conseguiu. Apesar da derrota, o zagueiro Rafael Thyere vê pontos positivos.

“Vacilamos em alguns jogos e ficamos no empate. Mas é uma equipe que perde pouco. Trabalhamos nos jogos para que isso não aconteça. Hoje (ontem) aconteceu. Cabeça erguida, confiança e trabalho para conseguir nosso objetivo”, disse o rubro-negro, ao deixar o gramado do estádio Brinco de Ouro da Princesa, pela 32ª rodada da Segundona.

LEIA MAIS:

>Guto garante que não existe clima de ‘já subiu’ no vestiário do Sport

>Luan Polli reconhece que Sport fez jogo aquém do esperado

>Com futebol apático, Sport é derrotado pelo Guarani por 1×0

E, de fato, é. O Sport perdeu apenas 3 partidas na competição. Número menor até que o Bragantino, líder isolado da Série B, com 62 pontos. Mas, as cinco derrotas do time de Bragança Paulista é amenizado por ter apenas oito empates, pouco mais que metade das do time pernambucano.

Faltando agora seis jogos para o fim da competição, o zagueiro Rafael Thyere pede calma e tranquilidade, pois o time está perto de alcançar o objetivado acesso. Para o jogo contra o Coritiba, às 20h de segunda-feira, ele quer conferir os erros, mas principalmente os acertos do time.

“Temos um jogo importante em Curitiba. Nesse momento da competição é ter tranquilidade, manter foco. Temos nosso objetivo e sabemos onde vamos chegar. Continuar trabalhando, recuperar e a viagem para o grande jogo contra o Coritiba, Criciúma em casa e conseguir o acesso”, concluiu o jogador rubro-negro.


FECHAR