publicidade
21/10/19
Foto: Reprodução/TV JC
Foto: Reprodução/TV JC

Rithely fala sobre retorno ao Sport e revela mágoa após saída: “eles mentiram para mim”

21 / out
Publicado por Pedro Guilhermino em Notícias às 10:10

O Sport foi até o Rio Grande do Sul para enfrentar o Brasil de Pelotas e um dos nomes de destaques do time na década, o volante Rithely, hoje no Internacional, visitou os atletas e membros da comissão técnica da equipe no hotel em que o clube ficou hospedado e concedeu uma entrevista exclusiva para o repórter João Victor Amorim, da Rádio Jornal.

Confira a entrevista na íntegra:

Indicado por Hélio dos Anjos, treinador do Sport na época, Rithely chegou ao Recife em 2011 e ficou no clube até o primeiro semestre de 2018, onde criou uma grande identificação com o clube e deixou algumas amizades.

“Conheço quase nada do clube (risos). Conheço um pouco da rapaziada, o pessoal da comissão que estão há mais tempo no clube. Eu vim ver o pessoal que eu joguei, Adryelson e Ronaldo, e dar um alô na rapaziada é sempre bom. Sempre que dá, a gente tá acompanhando. É muito bom ver o campeonato que está sendo feito, se dedicando ao máximo e brigando para por o Sport na Série A que é o mais importante”, afirmou o jogador.

O ano de 2017 do Sport foi onde começaram a aparecer os problemas financeiros do clube, que permanecem até os dias atuais. E um dos afetados por esses problemas internos foi Rithely. No entanto, o ex-camisa 21 da equipe pernambucana explana que o lhe mais chateou foram outros problemas.

“O pior foi que ficaram de três a quatro meses dizendo que eu não tinha nada (lesão), e ao chegar aqui (no Internacional) fiz uma ressonância e o médico disse que eu tinha que fazer cirurgia. Só que se tivesse tratado antes, talvez eu nem precisasse de cirurgia, mas forçaram até o final. Os médicos (do Sport) ficaram mentindo para mim dizendo que eu não tinha nada e isso foi o que mais me chateou. E quando eu sai eles vieram colocar que eu pedi para sair, sendo que na verdade não tinha nada disso”, declarou o volante.

LEIA TAMBÉM

> Médico do Sport explica escolha em não operar o volante Rithely

> Sport vai manter salários de Rithely até fim do tratamento do jogador

> Arnaldo Barros admite promessa mas rebate:” Rithely não teve uma boa performance em 2017″

> Médicos do Internacional avaliam Rithely e jogador pode ser devolvido ao Sport

Após a conturbada saída o Sport em 2018, Rithely assinou com o Internacional e realizou a cirurgia no tornozelo esquerdo que acabou dificultando na sua adaptação ao novo clube e à cidade.

“No começo é sempre ruim, difícil, novas pessoas e até você se adaptar ao ritmo é totalmente diferente. Um clube muito bom. Agradeço muito o que eles fizeram por mim, me ajudaram muito nessa retomada. Estou indo para os jogos, mesmo não jogando tanto, mas estou sempre ali junto com o clube e com a rapaziada e quando eles precisam, eu estou ali para ajudar da melhor maneira possível”, disse.

Apesar dos problemas ocorridos em 2017 no Sport, o primeiro semestre foi positivo para a equipe pernambucana e um desses momentos ficou marcado entre Rithely e a torcida rubro-negra. Na semifinal da Copa do Nordeste, o Sport enfrentou o Santa Cruz e, na primeira partida, o atacante Pitbull, da equipe tricolor, marcou um gol e comemorou dando tapas em cima do escudo rubro-negro, algo que não fui digerido pelo elenco, que usou essa atitude como motivação para o jogo de volta. Na segunda partida, o leão conseguiu reverter o resultado e venceu o rival local pelo placar de 2×0 e Rithely não poupou provocações ao rival, caso que é lembrado até os dias de hoje pela torcida.

“Vira e mexe uns dois ou três aparecem falando alguma coisa (nas redes sociais), me marcando em publicações que os caras postam. Tem aquela loucura que a gente fez em 2017, daquele dia abençoado que eu fico lembrando, um dia muito bom e legal. As vezes a rapaziada me marca, eu comento e dou risada. É sempre assim”, lembrou Rithely.

Rithely
Fotos: JC Imagem

Com a identificação criada pelo jogador com o clube que lhe ajudou a despontar na carreira e foi vitrine para que Rithely demonstrasse seu melhor futebol, mesmo saindo do Sport com alguns problemas, o jogador ver com bons olhos o retorno para a capital pernambucana para honrar mais uma vez a camisa da rubro-negra.

“Acho que tem que voltar né? A forma que sai não foi como eu queria.Então quero um dia voltar e honrar mais uma vez a camisa do Sport, que honrei por tanto tempo, e eu acho que a maneira que eu sai não foi tão legal por conta de algumas coisas que eram inverdades, que não era o que tinha acontecido. Então espero voltar e poder mostrar tudo que realmente aconteceu”, completou.


FECHAR