publicidade
15/10/19
Atletas negros da Seleção Inglesa, como Sterling e Rashford, foram alvos de torcedores racistas. Foto: NIKOLAY DOYCHINOV / AFP
Atletas negros da Seleção Inglesa, como Sterling e Rashford, foram alvos de torcedores racistas. Foto: NIKOLAY DOYCHINOV / AFP

Inglaterra goleia Bulgária fora de casa em jogo com insultos racistas

15 / out
Publicado por Klisman Gama em Futebol Internacional às 12:06

AFP – A Inglaterra goleou a Bulgária nesta segunda-feira em Sofia em jogo da 8ª rodada do Grupo A das eliminatórias para a Eurocopa-2020, resultado que deixa a seleção dos Três Leões a um passo de garantir sua vaga no torneio continental. Com a vitória inglesa praticamente decretada no intervalo (4-0), o protagonismo inesperado acabou ficando com os insultos racistas proferidos por uma parte da torcida búlgara contra os jogadores ingleses, o que levou à interrupção da partida pelo árbitro em duas ocasiões.

LEIA MAIS

>> Lesão de Alexis Sánchez preocupa seleção chilena

>> Lesão grau 2 vai deixar Neymar um mês afastado dos gramados

>> Holanda e Alemanha vencem nas eliminatórias da Eurocopa 2020

Quando a Inglaterra vencia por 2 a 0, a partida foi interrompida pela primeira vez por cantos racistas da torcida local. Pouco depois, com 3 a 0 no placar, diante da persistência dos insultos, o árbitro croata Ivan Bebek conversou com jogadores e treinadores das duas seleções. Mais cedo, e conforme o protocolo da Uefa, o locutor do estádio fez um pedido para que os torcedores mudassem de atitude.

Ao ver que não surtiu efeito, o árbitro esteve perto de interromper a partida e mandar as duas equipes ao túnel dos vestiários. Uma tribuna do estádio Vasil Levski de Sofia foi fechada para a partida devido aos gritos racistas nos duelos de junho entre Kosovo e República Tcheca.

Dentro de campo, depois de perder na República Tcheca na sexta-feira, sua primeira derrota nestas eliminatórias, a equipe de Gareth Southgate mostrou sua melhor versão e seu potencial ofensivo. Um gol de Marcus Rashford, que não vive um bom momento no Manchester United, aos 7 minutos, dois de Ross Barkley, que também luta para ser titular no Chelsea (21 e 32), e outro de Sterling (45+4) encaminharam a vitória dos ingleses antes do intervalo. Sterling fez seu segundo gol (69) antes de Harry Kane, astro do Tottenham, encerrar a goleada a 6 minutos do final.

A vitória de Kosovo sobre Montenegro (2-0) evitou a classificação matemática da Inglaterra. Mas os ingleses precisam apenas de um ponto contra Montenegro ou Kosovo para garantir a vaga.


FECHAR