publicidade
10/10/19
Foto: VIRGINIE LEFOUR / BELGA / AFP
Foto: VIRGINIE LEFOUR / BELGA / AFP

Bélgica é primeira classificada para a Euro-2020, Holanda passa susto

10 / out
Publicado por Karoline Albuquerque em Futebol Internacional às 20:22

Da AFP – A Bélgica se tornou a primeira seleção a garantir classificação para a Eurocopa-2020 graças à fácil goleada por 9×0 sobre San Marino, nesta quinta-feira (10) pela 7ª rodada das eliminatórias.

Com campanha perfeita até o momento, além de 28 gols marcados e apenas um sofrido, a Bélgica selou a vitória em quinze minutos, balançando as redes seis vezes entre a meia-hora de jogo e o intervalo. No segundo tempo, foram outros três gols.

LEIA MAIS:

>Inglaterra pode selar vaga na Eurocopa, França viaja à Islândia

>Iranianas vão a jogo masculino em estádio após 40 anos

>No Inter desde a saída de Guto Ferreira, Odair Hellmann é demitido

No mesmo grupo, a Rússia praticamente se classificou ao golear por 4×0 a Escócia, abrindo oito pontos de vantagem sobre Chipre, terceiro colocado e que venceu o Cazaquistão (2×1), a três rodadas para o fim das eliminatórias.

A Holanda também está bem posicionada para ficar com uma vaga, mas precisou sofrer contra a Irlanda do Norte. Jogando em casa, mas inexplicavelmente apáticos e sem inspiração nos primeiros 75 minutos de jogo, os holandeses se viram atrás do placar, mas viraram nos acréscimos com dois gols de Depay e outro de De Jong.

Três equipes estão empatadas neste grupo C com 12 pontos, mas Holanda e Alemanha têm um jogo a menos que a Irlanda do Norte. As duas outras equipes da chave, Belarus e Estônia, só empataram sem gol nesta quinta-feira e estão fora da briga.

No grupo E, a Croácia e aproximou da Euro-2020 ao derrotar a Hungria por 3×0. Com 13 pontos, os atuais vice-campeões do mundo tem três de vantagem sobre a Eslovênia. Atrás, os húngaros somam 9 pontos e o País de Gales 7, mas com um jogo a menos.

A Polônia se recuperou no grupo G ao derrotar a Letônia por 3 a 0, com direito a três gols do artilheiro Robert Lewandowski, que alcançou a marca de 60 gols na carreira por seu país.

A Áustria, que derrotou Israel por 3×1, assumiu a vice-liderança da chave, aproveitando a derrota da Eslovênia, agora quarta, para a Macedônia (2×1).


FECHAR