publicidade
07/10/19
Nei Pandolfo foi apresentado pelo Santa Cruz. Foto: Rodrigo Baltar / Santa Cruz
Nei Pandolfo foi apresentado pelo Santa Cruz. Foto: Rodrigo Baltar / Santa Cruz

Diretoria do Santa Cruz quer técnico com “perfil ideal”

07 / out
Publicado por Filipe Farias em Notícias às 9:19

Disposta a não cometer o mesmo erro apresentado nessa temporada, quando não demonstrou convicção no perfil do treinador escolhido para comandar o Santa Cruz – apostou no jovem Leston Júnior, mas no meio da Série C rompeu o projeto e trouxe o experiente Milton Mendes, sem sucesso -, a diretoria tricolor pretende pensar bem no técnico com o “perfil ideal” para seguir à frente do elenco coral durante todo o ano de 2020, que terá várias competições importantes a serem disputadas: Pernambucano, Copa do Nordeste, Copa do Brasil e, principalmente, a Série C.

“Nós estamos discutindo esse aspecto, pois tem os mais antigos e os mais novos que vêm de bons trabalhos e com experiência de divisão. Temos o perfil”, declarou Nei Pandolfo, novo executivo de futebol do Santa Cruz, sem dar pistas. “O nosso objetivo principal é o acesso e, nesse caminho, terão outros campeonatos que ajudarão muito nesse processo. Todas as competições serão importantes. Então, temos de iniciar bem e dar sequência no trabalho.

LEIA MAIS:

>Treinador, elenco e planejamento: era Nei Pandolfo começa no Santa Cruz

Como o executivo coral deixou claro que a prioridade é a volta à Série B, além do novo treinador, a diretoria trabalha para montar um elenco com o perfil da Série C. “É uma competição cascuda. Então, precisamos de jogadores cascudos, não tem jeito. Independente da divisão, a busca é por atletas com mais técnicos e de força. O treinador também vai participar desse processo. No futebol ninguém faz nada sozinho. Acredito em trabalho em conjunto, com participação de todos… Presidente, financeiro, jurídico”, contou Pandolfo.

Para que o time do Santa Cruz tenha êxito na próxima temporada, é fundamental que as finanças do clube estejam saudáveis e o salários do elenco e funcionários estejam em dia. Pra isso, a diretoria tricolor pretende ir atrás de recursos que garantam essa tranquilidade financeira para contratar bons jogadores e, o mais importante, manter os vencimentos em dia. “Temos um estudo (de captação de recursos), mas dependemos de fatores externos como patrocínios e cotas (premiações). Estamos trabalhando com o nosso departamento de marketing para finalizarmos algumas negociações”, confirmou Constantino Júnior, presidente do Santa Cruz.

O que pode garantir novamente boas receitas para o clube são as premiações por avançar de fase na Copa do Brasil e na Copa do Nordeste, como aconteceu nesse ano.


FECHAR