publicidade
05/10/19
"No futebol, ninguém faz nada sozinho. Acredito em trabalho em conjunto", pontuou Nei Pandolfo. Foto: Rodrigo Baltar / Santa Cruz

Treinador, elenco e planejamento: era Nei Pandolfo começa no Santa Cruz

05 / out
Publicado por Diego Borges em Santa Cruz às 16:06

A era Nei Pandolfo começou no Santa Cruz. Após assistir à estreia coral na Copa Pernambuco, no CT Ninho das Cobras, o novo executivo de futebol do clube foi apresentado de forma oficial na manhã deste sábado, já projetando as novas ações necessárias para traçar o planejamento do clube para a temporada 2020, como a definição do novo treinador, além da montagem do elenco para o próximo ano.

LEIA MAIS

Com dois a menos, Santa Cruz empata com Ypiranga na estreia da Copa Pernambuco

Apresentado pelo presidente Constantino Júnior, que relembrou situações passadas onde Nei foi adversário coral – no Sport, em 2014 e 2015, e no Bahia, em 2016 -, o novo executivo festejou o acerto. “É um prazer estar aqui. Cada um ganhou de um lado e juntando os dois ‘deu match‘. Estou muito feliz em voltar para Recife. Fui muito bem recepcionado e espero dar minha contribuição nesse projeto de retomada do clube às suas origens, e continuar a ser vitorioso.”

Sobre as tratativas para o planejamento, Nei apontou como prioridade a definição do novo técnico para 2020. “O telefone não para já tem uns três dias. Antes mesmo de acertar (como Santa Cruz) o telefone já estava tocando. É normal, temos um perfil e a ideia num primeiro passo é ajustar a parte da comissão técnica. É o primeiro trabalho a ser feito, junto com a definição de um perfil do grupo que venha a participar desse grande projeto de retomada do Santa Cruz.”

Ainda para o novo dirigente, para que o projeto de gestão do futebol seja bem sucedido, será necessário que todos os setores do clube caminhem no mesmo sentido. “Com participação de todos. No futebol, ninguém faz nada sozinho. Acredito em trabalho em conjunto, desde o jurídico, ao financeiro, com presidente, diretoria, funcionários e torcida. É trabalho em conjunto de todos”, apontou.


FECHAR