publicidade
20/09/19
Jogo da volta entre Náutico e Juventude será neste domingo. Foto: Diego Nigro/Acervo JC Imagem
Jogo da volta entre Náutico e Juventude será neste domingo. Foto: Diego Nigro/Acervo JC Imagem

Justiça determina volta de Náutico x Juventude para domingo

20 / set
Publicado por Fernando Castro em Náutico às 18:15

Depois do Náutico entrar com um mandado de segurança cível, junto com a Federação Pernambucana de Futebol e a CBF, a diretoria alvirrubra conseguiu manter o segundo jogo da semifinal da Série C, contra o Juventude, para este domingo (22/9), às 18h, no estádio dos Aflitos. A justiça decidiu o retorno da partida para a data original e revogou a decisão do juiz Flávio Augusto Fontes de Lima.

Na quinta-feira, o Tribunal de Justiça de Pernambuco, com o juiz Flávio Augusto Fontes de Lima, havia atendido o pedido do Ministério Público para adiar a partida entre Náutico e Juventude para a próxima segunda-feira (23), às 20h.

Na mesma data do confronto, às 20h30 do domingo, está marcado o show da banda americana Bon Jovi, no estádio do Arruda. Por conta do choque de eventos, a Polícia Militar já havia recomendado na semana passada a transferência do jogo, por conta de baixo efetivo de profissionais para a segurança.

“Fomos pegos de surpresa (na quinta). Não esperávamos algo tão absurdo, temerário. Daqui a alguns dias teremos um jogo do Sport juntamente com um evento musical também. Nós ficamos temerosos agora que outros eventos da cidade sejam adiados. Como, por exemplo, o próprio carnaval”, comentou o vice-presidente executivo do Náutico, Diógenes Braga, em entrevista à Rádio Jornal, antes da nova decisão judicial, que fez o jogo retornar para o domingo.

LEIA MAIS

< Náutico não solicitou apoio e FPF faltou a reunião, diz Polícia Militar

< Por unanimidade, STJD mantém o resultado original de Náutico x Paysandu

< Adiar jogo seria falência da segurança pública e descaso geral

NOTAS

Em nota emitida nesta sexta (20/9), a PM afirmou que o Náutico não enviou solicitação de apoio policial até o dia 11 de setembro, quando obteve via imprensa o conhecimento sobre a realização da partida contra o Juventude. Além disso, o órgão também apontou ausência de representantes da Federação Pernambucana de Futebol em uma reunião de conciliação realizada na última quarta-feira, dia 18. A corporação informou ainda que está sempre pronta para garantir a segurança em todas as situações, mas precisa de tempo para realizar um planejamento que permita cobrir um evento, com a segurança devida à sociedade.

O Náutico, por sua vez, também respondeu através de uma nota. “Cabe-nos informar que tal informação (não ter recebido qualquer comunicado ou solicitação sobre a partida entre Náutico x Juventude) não procede. O Clube Náutico Capibaribe lamenta profundamente que tal assunto tenha sido judicializado, mas não nos restou outra opção a não ser recorrer da decisão a poucos dias da realização deste importante evento esportivo”, diz a nota.


FECHAR