publicidade
18/09/19
Di Maria brilhou pelo PSG. Foto: GEOFFROY VAN DER HASSELT / AFP
Di Maria brilhou pelo PSG. Foto: GEOFFROY VAN DER HASSELT / AFP

PSG estreia na Champions com 3×0 sobre Real Madrid

18 / set
Publicado por Karoline Albuquerque em Futebol Internacional às 19:23

Da AFP – Sem poder contar com Neymar, Mbappé e Cavani, o Paris Saint-Germain impressionou ao vencer por 3×0 o Real Madrid no Parque dos Príncipes, nesta quarta-feira (18) pela primeira rodada do Grupo A da Liga dos Campeões.

Apesar das ausências de seus três principais jogadores de ataque, com o brasileiro suspenso e o francês e o uruguaio lesionados, o PSG pôde contar com o inspirado argentino Angel di Maria, autor de dois gols (14, 33 min), e o belga Thomas Meunier (90+1) para somar importantes três pontos contra seu principal adversário na chave.

LEIA MAIS:

>Tottenham desperdiça vantagem de dois gols e empata com Olympiakos na Champions

>Liverpool inicia defesa do título da Champions com derrota para Napoli

>Inter e Lyon tropeçam em casa em suas estreias na Champions

Com a vitória, os parisienses assumem a liderança de um Grupo A que também viu Brugge e Galatasaray empataram sem gol mais cedo. O Real Madrid, que jogou sem Sergio Ramos, Marcelo e Modric, é o surpreendente lanterna.

Seis meses depois da eliminação diante do Manchester United, a terceira seguida nas oitavas de final da Champions, o PSG do técnico alemão Thomas Tuchel mostrou que deixou a frustração no passado e está pronto para brigar pelo título continental.

Já o Real, que trouxe de volta o técnico Zinedine Zidane e gastou cerca de 300 milhões de euros em reforços para voltar a brigar por títulos, deixou evidente a falta de entrosamento e de criatividade de seu elenco neste início de temporada.

Embora tenha contado pela primeira vez na temporada com Eden Hazard no time titular, o Real se mostrou distante daquela equipe avassaladora que, sob o comando de Zidane, conquistou o tricampeonato da Champions entre 2016-2018.

Domínio do PSG

O início da partida no Parque dos Príncipes até parecia animador para os merengues, que conseguiram dominar a posse de bola e pareciam mais perto da abertura do placar nos primeiros 10 minutos de jogo.

Mas, em sua primeira boa trama ofensiva, o PSG chegou ao gol, após Bernat escapar pela esquerda e tocar dentro da área para Di Maria pegar de primeira no contrapé de Courtois (14).

Além de animar a torcida francesa, inclusive Neymar e Mbappé, que assistiam da tribuna de honra, o gol deu confiança ao PSG, que continuou atacando e logo ampliou a vantagem, novamente com Di Maria, desta vez em belo chute colocado de fora da área (34).

Para o Real, de bom apenas um ataque promissor que resultou em um gol de Bale anulado pelo VAR por toque de mão do galês antes da finalização por cima do goleiro Navas (37).

Na volta do intervalo, o panorama da partida seguiu o mesmo roteiro e Di Maria teve a chance de marcar o ‘hat-trick’ ao ficar cara a cara com Courtois, mas chutar por cima do gol merengue (60).

Dominado em campo, o Real Madrid perdeu as forças para reagir após ter um segundo gol anulado, desta vez de Benzema, por impedimento a 15 minutos do apito final.

Nos acréscimos, o PSG deu o tiro de misericórdia em um ferido Real Madrid. Em rápido contra-ataque, Meunier e Bernat tabelaram e o belga apareceu livre na pequena área para fuzilar o gol madrilenho e sacramentar o triunfo francês na Champions.


FECHAR