publicidade
24/08/19
Ao contrário de Pipico, Wallace Pernambucano pode entrar em campo pelo Náutico neste sábado. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Ao contrário de Pipico, Wallace Pernambucano pode entrar em campo pelo Náutico neste sábado. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Destaques do ataque ofuscados no clássico entre Náutico e Santa Cruz

24 / ago
Publicado por Davi Saboya em Náutico às 13:09

Toda grande história tem os artistas principais, mas no Clássico das Emoções deste sábado pela Série C do Campeonato Brasileiro dois destaques estão ofuscados. Náutico e Santa Cruz entram em campo sem os respectivos artilheiros da temporada. Pelos alvirrubros a situação é mais tranquila. Wallace Pernambucano, que tem 12 gols marcados neste ano, perdeu a posição entre os titulares nesta reta final para Rafael Oliveira, e deve ficar no banco de reservas como opção. Já os tricolores ainda não podem contar com o “homem-gol”. Pipico segue no departamento médico se recuperando da lesão muscular grau dois que sofreu na panturrilha esquerda e a camisa nove ficará pela segunda vez com o garoto Elias.

O jovem atacante recebeu a difícil missão de substituir o artilheiro coral e correspondeu à altura na rodada anterior. Marcou um gol na vitória diante do Globo. Esta será a quarta partida do Santa Cruz sem Pipico na reta final da primeira fase da Série C. A contusão aconteceu no primeiro tempo do jogo contra o ABC, fora de casa, pela 14ª rodada. Um grande desfalque para o Tricolor do Arruda diante dos números expressivos do centroavante. Neste ano, foram 30 jogos e 16 tentos.

LEIA MAIS

No Clássico das Emoções, Santa Cruz decide a vida na Série C contra o Náutico

Mais de 6 mil ingressos vendidos para clássico entre Náutico e Santa Cruz

Em caso de classificação, técnico do Santa Cruz prefere mata-mata na Arena

Técnico do Náutico admite chateação com as polêmicas do Clássico das Emoções

Milton Mendes confirma time do Santa Cruz, mas não descarta mudanças no primeiro tempo

Por ingresso do clássico, tricolores formam longa fila no Arruda

No Náutico, Wallace Pernambucano oscilou no momento mais decisivo na Terceirona. Rafael Oliveira recebeu uma oportunidade e correspondeu. Na 13ª rodada, entrou no segundo tempo e marcou o gol da vitória em cima do Treze, nos Aflitos. No jogo seguinte, diante do Confiança, ganhou a titularidade e balançou a rede novamente. Além disso, pesou a favor o fato de já ter trabalho com o técnico Gilmar Dal Pozzo, que conhecia a forma do centroavante atuar em campo.

Para defender a difícil troca no pelotão de frente alvirrubro, Dal Pozzo ressaltou a importância de ter mais de uma opção para uma função importante na equipe. Além disso, frisou em um das entrevistas que o artilheiro Wallace Pernambucano entendeu a ida para o banco de reservas diante do momento de Rafael Oliveira, apesar de inicialmente, segundo o treinador, ter sentido nitidamente a mudança. O que, de acordo com o comandante do Timbu, deixou ele melhor do que antes para voltar a equipe principal.

Já o Santa Cruz não tem outra opção a não ser lamentar a ausência do atacante Pipico em um momento que o time necessita vencer. Tentando minimizar o desfalque, Milton Mendes adotou o tradicional discurso de evitar muitos comentários sobre o artilheiro e valorizar as peças que tem à disposição. Desde que o camisa nove se machucou, ele viveu o grande dilema da busca pelo substituto. O jovem Elias é a terceira opção, que parece ter sido a que mais agradou o treinador. Antes, Guilherme Queiroz e Augusto foram testados, mas não corresponderam. Contra o Náutico, os números de Pipico são ainda mais surpreendentes. Ele marcou gol em três dois de quatro encontros entre os rivais neste ano.


FECHAR