publicidade
21/08/19
Náutico e Santa Cruz se enfrentam neste sábado. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Náutico e Santa Cruz se enfrentam neste sábado. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

“Não existe”, diz Jiménez sobre chance do Náutico facilitar para o Santa Cruz

21 / ago
Publicado por Fernando Castro em Náutico às 14:10

No Clássico das Emoções do próximo sábado, pela última rodada da primeira fase da Série C, o Santa Cruz precisa da vitória para tentar a classificação às quartas de final, enquanto o Náutico já está garantido no mata-mata. Na semana decisiva pré-jogo, levantou-se a possibilidade do time alvirrubro facilitar a vida do rival, para favorecer o futebol pernambucano. Chance descartada de imediato pela diretoria e elenco alvirrubro.

“Clássico é um jogo à parte, é emoção, o jogador quer sempre ganhar e nós vamos entrar em campo para buscar a primeira colocação e comemorar com a nossa família e com os nossos torcedores. Vamos dar a vida, o máximo em cada bola, tenho certeza que essa coisa que estão falando que vamos abrir mão não existe, nós já estamos mentalizando que sábado vai ser um jogo difícil e espero que a gente consiga sair vitorioso”, destacou Jiménez.

Náutico e Santa Cruz se enfrentaram quatro vezes na temporada, com uma vitória coral na Série C e três empates, um deles com a classificação tricolor na Copa do Brasil. Ainda sem vencer nenhum Clássico das Emoções no ano, Jiménez afirmou que não o time alvirrubro não tem o Santa Cruz engasgado. “Não, já passou. Agora nós estamos mentalizando alcançar outro objetivo que é subir o Náutico e vamos entrar para conquistar a primeira colocação e sair vitorioso por nós mesmos e por nossa família”, disse.

LEIA MAIS

Náutico buscará título da Série C e quer ser campeão nos Aflitos

“Estou no meu melhor momento”, afirma volante paraguaio do Náutico

Vice-presidente do Náutico avalia arbitragem do clássico contra o Santa Cruz

SANTA CRUZ SEM PIPICO

O volante paraguaio também minimizou a ausência do atacante Pipico no clássico. Artilheiro do Santa Cruz na temporada com 16 gols, o atacante marcou quatro gols no Náutico em quatro jogos no ano. Jiménez preferiu valorizar o desempenho da defesa alvirrubra, que é a menos vazada do Grupo A, com 17 gols sofridos.

“Para mim não tem nenhuma preocupação. Eu respeito profissional Pipico, sei que é matador, goleador, mas a nossa defesa está muito bem, os números estão demonstrando isso. O grupo está forte e vai ser um jogo difícil, diferente e espero que a gente saia vitorioso”, comentou o jogador.


FECHAR