publicidade
13/08/19
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

“A gente tem que enaltecer o elenco”, afirma capitão do Náutico

13 / ago
Publicado por Klisman Gama em Náutico às 11:14

Com uma vitória suada por 2 a 1 diante do Sampaio Corrêa nos Aflitos, o Náutico ficou mais perto de alcançar a classificação para o mata-mata da Terceirona. A atuação do primeiro tempo não foi das melhores. A torcida começava a esboçar vaias para o fim da etapa inicial, quando o Alvirrubro conseguiu o empate. Nos 45 minutos finais, o desempenho melhorou e o elenco mostrou poder de reação para virar o jogo e criar outras chances. Questão bastante valorizada pelos jogadores.  

“A gente tem que enaltecer o elenco. Se um deixa de correr, arrebenta a formação. Fico muito feliz pelo gol, e bom que dois volantes fizeram gol. Isso mostra que a gente tem um grupo que todo mundo tem condições de chegar lá na frente. Desta vez, fomos eu e o Jimenez, e que seja também um zagueiro ou um que estiver no banco para entrar também para a gente resolver a partida”, comentou o volante Josa, autor do primeiro gol do Náutico no jogo.

LEIA MAIS

>> Náutico bate o Sampaio Corrêa e volta à vice-liderança do Grupo A

>> Confira Náutico 2×1 Sampaio Corrêa pelas lentes do JC Imagem

>> Ouça os gols da vitória do Náutico nas ondas da Rádio Jornal

>> Gilmar Dal Pozzo explica dificuldades no jogo e valoriza vitória do Náutico

“A verdade é que foi uma vitória importante para pegar confiança, porque vínhamos trabalhando e é mérito de todos os companheiros. Começamos perdendo, mas com atitude e muita raça conseguimos reverter”, acrescentou Jimenez, que marcou o gol da virada alvirrubra. 

O time também tratou de agradecer ao apoio da torcida presente. Mais de 9 mil alvirrubros empurraram o Náutico para a vitória. Um deles foi o atacante Thiago, que conseguiu se recuperar rapidamente de lesão na coxa e foi titular diante do Sampaio Corrêa. Ele foi, novamente, uma importante válvula de escape para o ataque timbu.

“Temos que agradecer a torcida que está nos apoiando nessa reta final de campeonato. (Agradeço) aos fisioterapeutas que cuidaram bem de mim, para poder voltar nesse jogo. Pelos meus companheiros me abraçarem nessa dificuldade dos dias que passei parado. Ao professor que me deu a oportunidade de passar três dias parados e me colocar de volta”, finalizou o prata da casa do Náutico.


FECHAR