publicidade
21/07/19
Guilherme deve atuar na função de meia no duelo do Sport contra o Brasil de Pelotas. Foto: Anderson Stevens/Sport
Guilherme deve atuar na função de meia no duelo do Sport contra o Brasil de Pelotas. Foto: Anderson Stevens/Sport

Na Ilha do Retiro, Sport quer se recuperar na Série B contra Brasil de Pelotas

21 / jul
Publicado por Davi Saboya em Notícias às 22:31

Por Leonardo Vasconcelos

Voltar pra casa sempre é bom, mas no caso do Sport é ainda mais importante justamente para arrumá-la. Depois de 41 dias, o Leão retornará para a sua toca, depois da pausa para a Copa América, diante do Brasil de Pelotas, nesta segunda-feira, às 20h, pela 11ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O último jogo oficial da equipe pernambucana na Ilha do Retiro foi no dia 11 de junho na vitória por 1×0 em cima do CRB. Um resultado que escapou nos últimos minutos das duas partidas após o recesso da competição internacional: empate de 2×2 contra o São Bento e 1×1 com o Cuiabá. Caso o alcance pode até chegar à vice-liderança do campeonato.

Por isso, mais do que nunca, o rubro-negro pernambucano precisa encontrar no aconchego do lar o equilíbrio emocional que faltou nos recentes embates. Além da força das arquibancadas o retrospecto ajuda. Atuando como mandante, o Sport está invicto e vem de três vitórias seguidas. Além do já citado triunfo diante do CRB, teve na sequência o 3×1 contra o Vitória e o 3×2 contra o Londrina (antes houve empate de 1×1 com Oeste e 0x0 com o Figueirense).

Apesar de vir caindo na tabela, o time leonino pode até dormir hoje perto do topo da Série B. Ele está em oitavo colocado com 17 pontos e em caso de vitória poderia encostar na liderança que atualmente é do Bragantino com 20 (todos os outros jogos da rodada serão disputados somente amanhã). Por isso, um triunfo, hoje à noite, diante do Brasil de Pelotas, que está na décima segunda colocação com cinco pontos a menos que time pernambucano, é ainda mais importante.

O técnico Guto Ferreira mostrou confiança na retomada dos resultados positivos. “A nossa equipe não vem ganhando sempre, mas ela não vem perdendo. O que é uma coisa muito importante, mas não vai adiantar ficar só empatando, nós temos que passar a ganhar. E se ainda não chegamos neste estágio e ainda assim estamos brigando lá em cima é um alento bastante grande porque em algum momento vamos embalar vitórias. E se a gente atingir isso o quanto antes vamos dar uma arrancada importante porque estamos correndo lá em cima. Esta é a minha esperança”, explicou o comandante.

LEIA MAIS

Com maratona pela frente, Guto não descarta fazer rodízio no time do Sport

‘Temos características diferentes da Série B’, diz Guto sobre elenco do Sport

Sport apara campo de treino do futebol feminino após foto de grama alta viralizar

Técnico aguarda retornos para montar Sport visando Brasil de Pelotas-RS

Sport se prepara para encarar maratona de quatro jogos em 11 dias

Para a partida de hoje diante do Brasil de Pelotas, Guto, que perdeu várias peças para o departamento médico, teve uma boa notícia. O volante Charles, que vinha sendo poupado das atividades por conta de dores na coxa após o último duelo contra o Cuiabá, treinou no fim de semana e deve atuar hoje.

O lateral-esquerdo Guilher Lazaroni vai assumir a vaga de Sander, que ficará fora um mês devido à uma luxação no cotovelo. O meia Leandrinho vai cumprir suspensão por ter levado terceiro cartão amarelo. Assim, o Sport deve entrar em campo com a seguinte escalação: Maílson; Norberto, Rafael Thyere, Adryelson e Guilherme Lazaroni; Yago, Charles (Ronaldo) e Guilherme; Ezequiel, Yan (Hyuri) e Hernane Brocador.

Independentemente do time, o treinador quer que seus comandandos tenham calma para alcançar a vitória. “O jogo (contra o Brasil de Pelotas) não é decisivo, ele é importante porque ele tem 90 minutos, jogamos em casa e vale três pontos. Como todos que vem aí pela frente. Então é importante pontuar, não é mata-mata, não é final de campeonato que se errar não tem outra chance. Mas temos que ter todo um carinho pra que a gente siga com as vitórias dentro de casa e isso nos impulsione dentro da competição”, resumiu Guto Ferreira.

FICHA DO JOGO – SPORT X BRASIL DE PELOTAS

Sport – Maílson; Norberto, Rafael Thyere, Adryelson e Guilherme Lazaroni; Yago, Charles (Ronaldo) e Guilherme; Ezequiel, Yan (Hyuri) e Hernane Brocador. Técnico: Guto Ferreira. Esquema: 4-3-3

Brasil de Pelotas – Carlos Eduardo; Ricardo Luz, Bruno Aguiar, Leandro Camilo e Leandro Leite; Sousa, Carlos Jatobá e Washington; Rafael Grampola, Bruno Paulo e Branquinho. Técnico: Bolívar. Esquema: 4-3-3.

Local: Ilha do Retiro. Horário: 20h. Árbitro: Douglas Marques das Flores. Assistentes: Daniel Luis Marques e Daniel Paulo Ziolli. Ingressos: Sócios(R$20), arquibancada sede (R$20/R$10 – meia), arquibancada frontal (R$40 /R$20), assento especial (R$60/R$30), cadeira ampliação (R$60/R$30) e cadeira central (R$80/R$40).


FECHAR