publicidade
21/07/19
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Com vitória sobre o Treze, Náutico entra no G-4 da Série C

21 / jul
Publicado por Luana Ponsoni em Náutico às 19:59

Castigado pelas chuvas, o gramado dos Aflitos foi o palco, neste domingo (21), do vitória do Náutico, por 1×0, sobre o Treze-PB, pela 13ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. O resultado obtido diante do lanterna do Grupo A, com 10 pontos, levou o alvirrubro pernambucano ao G-4, agora com 21. A distância para o líder Confiança é de três. Rafael Oliveira foi o autor do único gol da partida.

LEIA MAIS

>Acompanhe Náutico x Treze-PB pelo @blogdotorcedor

>Contra o Treze, Náutico inicia sequência de jogos nos Aflitos

>Náutico recebe o Treze e busca segunda vitória consecutiva na Série C

Na 14ª rodada, o Timbu enfrenta justamente o líder da Terceirona, na sexta-feira (26), às 20h, também nos Aflitos. Já o Treze recebe o Globo-RN, domingo (28), às 16h, no Amigão.

O JOGO

Apesar de ter começado acelerada pelo lado alvirrubro, com o quase gol de Jefferson Nem, próximo aos 30 segundos, a partida foi marcada pelo baixo nível técnico dos dois times. Mesmo com as muitas tentativas, sobretudo do Náutico, as oportunidades de gol foram desperdiçadas pela falta de qualidade nas finalizações. O Timbu também pecou muito no posicionamento do ataque, que teve quatro impedimentos assinalados na etapa inicial.

Pior na partida, o Treze só teve a primeira oportunidade de balançar as redes aos 17. Em cobrança de escanteio de Edy, Diego Silva desviou na primeira trave e Eduardo não conseguiu completar. Dois minutos depois, Eduardo perdeu nova chance. Ao receber na área, matou no peito, mas não conseguiu concluir bem, mandando para fora.

Do lado alvirrubro, Jefferson Nem conseguiu tirar a paciência da torcida ao desperdiça três chances claras em sequência. Aos 35, recebeu bom passe de Camutanga, tirou do marcador, mas mandou para fora. Um minutos depois, ficou com a sobra na cobrança de escanteio e voltou a errar. Aos 37, foi servido por Thiago, ficou sozinho com o goleiro e desperdiçou. Impaciente, o torcedor do Náutico começou a vaiá-lo, enquanto Gilmar Dal Pozzo e William Simões pediram apoio às arquibancadas.

No segundo tempo, a partida seguiu sem muita crianção das duas equipes. O Náutico errando muito na saída de bola. Mas Jean Carlos, por pouco, não abriu o placar logo depois de ter entrado para substituir Jefferson Nem. Aos 13, arriscou de fora da área e mandou muito perto da trave direita de Mauro Iguatu.

Aos 22, o Náutico fez boa jogada pelo lado esquerdo. Depois de ficar com a bola, Jean Carlos fuzilou para o gol, mas o arqueiro do Treze espalmou e a defesa afastou. Cinco minutos depois, William Simões quase marcou, mas Mauro Iguatu fez grande defesa. O gol do Náutico veio aos 34, com Rafael oliveira, que recém tinha entrado no lugar de Wallace Pernambucano. Ao receber bom cruzamento de William Simões, ele caprichou na cabeçada e inaugurou o placar nos Aflitos.

Aos 41, a situação do Treze ficou ainda pior com a expulsão de Edy. Com um a menos e sem qualquer poder de reação, o Galo da Borborema deixou os Aflitos acumulando a terceira derrota seguida na Terceirona.


FECHAR