publicidade
17/07/19
Foto: Anderson Stevens/Sport Club do Recife
Foto: Anderson Stevens/Sport Club do Recife

Sem lesão muscular constatada, Charles tem chances de encarar o Brasil-RS

17 / jul
Publicado por Filipe Farias em Notícias às 19:44

Com o departamento médico do Sport repleto de ‘pacientes’, o médico rubro-negro Raul Lins compareceu à sala de imprensa para explicar o caso de cada um dos atletas leoninos, formas de tratamento e tempo de recuperação. A boa notícia ficou por conta do volante Charles, que passou por exame de imagem e não ficou constata nenhuma lesão muscular na coxa esquerda – como chegou a ser cogitado. O diagnóstico do cabeça de área foi de uma contratura muscular. Ou seja, se as dores diminuírem, ele tem chance de atuar contra o Brasil de Pelotas, na próxima segunda-feira (22), na Ilha do Retiro, pela 11ª rodada da Série B.

Veja a situação de cada jogador:

SANDER

“Sander teve uma luxação no cotovelo. Uma lesão a certo ponto grave. Fizemos um exame de imagem e acusou uma lesão no ligamento do cotovelo. Vai passar cerca de quatro semanas afastado. Serão 15 dias com imobilização no cotovelo para cicatrizar e depois começar a fisioterapia… Que segue até ele voltar a ficar à disposição, que estimamos em quatro semanas”.

CHARLES

“Charles sentiu a posterior da coxa esquerda. A suspeita era de um estiramento muscular, mas fizemos a imagem hoje (quarta) e não deu alteração. Fizemos ressonância e ultrassom e tivemos uma boa notícia, porque não teve lesão na fibra muscular. Então, ficou como diagnóstico a contratura da posterior da coxa. Vamos avaliar ele ao longo da semana e presença dele no jogo de segunda-feira (contra o Brasil-RS) vai depender da evolução dele na fisioterapia, com a diminuição do edema”.

SAMMIR

“Sammir segue se recuperando de uma lesão muscular na coxa. Hoje ele iniciou a transição e a expectativa é que no final de semana, como teremos treinos no sábado e no domingo, ele já possa estar integrado ao restante do grupo”.

JOÃO IGOR

“João Igor teve uma torção no tornozelo e a sua recuperação está dentro do previsto. Começando a transição física, hoje (quarta) fez um trabalho na piscina, mas ainda está com edema e sentindo dores. Mesmo assim, ele está evoluindo bem. Pra próxima segunda, a utilização de João Igor é improvável, mas contra o Paraná já deve ficar à disposição”.

PEDRO CARMONA

“Carmona evoluiu bem essa semana. Hoje tentamos liberar ele para iniciar a transição, mas ele segue o protocolo da fisioterapia. Se seguir evoluindo nesse protocolo, depois de amanhã (sexta) ele será liberado para a transição para aprimorar o condicionamento físico. Mas para o jogo contra o Brasil-RS não vai dar pra ele não”.


FECHAR