publicidade
23/06/19
Foto: Léo Lemos/Náutico
Foto: Léo Lemos/Náutico

Capitão do Náutico considera gol sofrido como ‘infelicidade’

23 / jun
Publicado por Klisman Gama em Náutico às 11:26

O Náutico fez um jogo abaixo das expectativas contra o Santa Cruz, no Arruda. Apesar de conter a maior parte das chances do rival, não conseguiu impor um bom volume de jogo. A criação não funcionou e o ataque se mostrou inoperante. Wallace Pernambucano perdeu a melhor chance do Alvirrubro no jogo e o atacante Thiago, apesar de participativo, pouco fez. E na defesa, com falha individual, o adversário marcou.

LEIA MAIS

> ‘Chateado’ com derrota do Náutico, Dal Pozzo vê mérito no Santa Cruz

> Confira o Clássico das Emoções nas lentes do JC Imagem

> Santa Cruz vence Náutico por 1 a 0 e segue invicto com Milton Mendes

“A gente veio com a proposta de jogo até para dar uma pressão no Santa. Eles tem uma marcação que dá um pouco de espaço, mas infelizmente não deu certo. A gente teve chance e teríamos que matar. Infelizmente é assim. É sair de cabeça erguida também, porque a gente fez um bom jogo e vamos partir para a próxima, porque tem muita coisa pela frente e nós vamos conseguir a classificação”, falou o atacante Matheus Carvalho.

O gol que deu a vitória ao Santa Cruz veio de uma falha da defesa do Náutico. Fernando Lombardi recuou mal a bola para o goleiro Jefferson que, na indecisão, acabou ficando na barra. Pipico chegou antes da marcação e marcou. Apesar disso, o grupo tirou o peso da responsabilidade de cima do experiente zagueiro.

“Uma infelicidade da gente e não tem culpado. Se perdeu, perdeu todo mundo. Não tem culpado. Ele não deu o passe tentando errar. É continuar trabalhando, porque a gente já tem o próximo jogo no final de semana, e a gente tem que batalhar para conseguir o resultado positivo para somar no campeonato”, falou o volante e capitão Josa.


FECHAR