publicidade
21/06/19
Alexandre Gondim/JC Imagem
Alexandre Gondim/JC Imagem

Escalação do Náutico confirmada para o Clássico das Emoções

21 / jun
Publicado por Fernando Castro em Náutico às 15:40

Na véspera no Clássico das Emoções pela Série C, o técnico Gilmar Dal Pozzo confirmou a escalação do Náutico para enfrentar o Santa Cruz. O time alvirrubro será o mesmo que venceu o Sampaio Corrêa, em São Luís, no último jogo. Dessa maneira, o Timbu vai repetir a mesma escalação pela primeira vez desde que Dal Pozzo assumiu o comando do clube.

Desfalques contra o Sampaio Corrêa, o volante Jhonnatan e os atacantes Matheus Carvalho e Rafael Oliveira voltam a ser opções e começam o jogo no banco de reservas. Recém-contratado, o lateral-esquerdo Erick Daltro foi regularizado e deve ser relacionado para o jogo. Apesar de repetir o mesmo time, o treinador alvirrubro não enxerga a escalação como ideal e diz que a competitividade entre os jogadores é essencial.

“Não, porque eu não tenho ideia fechada. Nós estamos trabalhando com 35 atletas, e os outros jogadores, como é que ficam? Temos que ter competitividade, eu entendi que depois do jogo contra o Globo-RN precisávamos fazer mudanças, a gente fez. Estamos treinando com essa formação há três semanas e eu estou gostando, mas ter como parâmetro só o jogo contra o Sampaio (Corrêa) é muito pouco”, comentou Dal Pozzo.

LEIA MAIS

Josa admite preocupação do Náutico com Pipico

Muitas mudanças no Santa Cruz e Náutico desde último clássico

Hereda espera primeira vitória do Náutico no Clássico das Emoções em 2019

ESCALAÇÃO

Dessa maneira, o Náutico vai entrar em campo com: Jefferson; Hereda, Camutanga, Fernando Lombardi e Wilian Simões; Josa, Luiz Henrique e Danilo Pires; Thiago, Neto e Wallace Pernambucano. Sem jogar há quase 15 dias, Dal Pozzo avaliou como positiva as duas semanas de trabalho e enxergou evolução sistema de jogo da equipe.

“As duas semanas foram boas de trabalho. Eu vi evolução da equipe, no comportamento com e sem a bola, passamos a fazer alguns movimentos que não vínhamos fazendo antes: uma diagonal, um jogo mais reativo. Tivemos tempo para fazer isso, a equipe está mais competitiva, mais compacta. Se vai ter algum tipo de prejuízo por não ter jogado na última rodada a gente só vai saber no jogo, procuramos aproveitar bem essa semana e diversificar bem os trabalhos”, destacou.


FECHAR