publicidade
20/06/19
Camisa do Sport, nos últimos jogos, estampou campanha para sócios. Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem
Camisa do Sport, nos últimos jogos, estampou campanha para sócios. Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem

Sport mantém busca intensa por patrocinador master

20 / jun
Publicado por Klisman Gama em Notícias às 14:06

Por Robert Sarmento, da Rádio Jornal – Em boa parte do Campeonato Pernambucano, uma empresa de móveis tinha a marca no centro da camisa rubro-negra. Apesar disso, mas não era considerado um patrocínio master e a parceria durou até a segunda partida da final do Estadual, no dia 21 de abril. Desde então, são quatro meses de negociações para conseguir um acordo que vai equilibrar a situação financeira do clube.

LEIA MAIS

> Preparador físico explica planos de treino do Sport após reapresentação

> Sport: CBF define dias e horários das próximas sete rodadas da Série B

> Amistosos entre Sport e CSA com datas definidas

“A gente sabe da demora, da dificuldade, porque é um valor um pouco maior para aquilo que o master entrega e o que o Sport entrega para quem patrocina. A gente tem que avaliar os custos e o Sport também atravessa um momento difícil. Não fechamos ainda, mas não é por falta de trabalho. Temos empresas muito perto de fechar, mas até agora não temos nada cravado”, afirma Rafael Soares, diretor de marketing do Sport.

A última vez em que o Leão ficou sem patrocinador máster estampando em sua camisa entre 2013 e 2014. O diretor de marketing na atual temporada houveram patrocinadores pontuais e outros possuem contrato até o final de 2019. “No Sport, tivemos seis patrocinadores ao longo deste ano, estamos com dois vigentes que vão ate o final do ano e tivemos quatro que entraram e saíram em momentos pontuais. O trabalho em busca de um master definitivo não para. Todos o dias estamos mandando proposta, conversando com empresas”, disse.

Caixa Econômica Federal

Quando o mês de fevereiro terminou, desde que o Governo Federal decidiu retirar os investimentos do futebol nacional, também encerrou uma parceria de quase cinco anos do Sport com a Caixa Econômica Federal e se iniciou a procura do marketing rubro-negro por um novo patrocinador master. Apesar de ter marcas estampadas no uniforme, nenhum é no centro da camisa, local onde fica considerado o principal patrocínio.

“Houve uma acomodação dos clubes com relação a patrocínio master. Aqueles que haviam fechado com a Caixa Econômica não precisavam fazer alguma prospecção de mercado, bastava apenas apresentar uma série de exigências para o banco e você estava contemplado com o patrocínio. Agora isso mudou. A Caixa não patrocina mais os times de futebol e isso força que o marketing de cada clube tenha que ir ao mercado buscar patrocinadores”, pontua.


FECHAR