publicidade
20/06/19
William Alves chegou ao Santa Cruz em março e, até o momento, disputou 14 partidas.
Jota Santana/Santa Cruz
William Alves chegou ao Santa Cruz em março e, até o momento, disputou 14 partidas. Jota Santana/Santa Cruz

”Os jogos tendem a ser equilibrados”, comenta zagueiro do Santa Cruz sobre clássico

20 / jun
Publicado por Robert Sarmento em Campeonato Brasileiro Série C às 21:28

Os três Clássicos das Emoções que aconteceram na atual temporada terminaram com o mesmo resultado: empate (2×2, 1×1 e 0x0). Nos últimos nove jogos, entre Santa Cruz e Náutico, sete terminaram empatados, e mostram o recente equilíbrio do confronto entre os clubes. A partida deste sábado, no estádio do Arruda, vale a vaga no G-4 do grupo A da Série C. Enquanto o tricolor busca permanecer mais uma rodada, o alvirrubro, em caso de vitória, entra no grupo dos quatro melhores colocados. Atualmente, os times estão separados por dois pontos (13×11).

“Em clássico tende a ter esse equilíbrio pela tradição das duas equipes. Os jogos tendem a ser equilibrados e a gente espera fazer diferente do que foi nos outros três. Não pude jogar nos outros (ainda não havia sido contratado), mas espero ajudar a equipe a conseguir a primeira vitória no clássico, neste ano. Esse jogo é muito importante para a gente, são duas equipes que estão próximas na tabela e a gente espera ser vitorioso”, disse o zagueiro William Alves, em entrevista coletiva.

LEIA TAMBÉM

Milton Mendes esboça mudanças no time titular do Santa Cruz

Vídeo: Amuleto do Santa Cruz, filha de Pipico comparece ao treino

TIME TITULAR

Em relação ao último jogo, o empate contra o Globo-RN, o técnico Milton Mendes realizou três mudanças ao longo do treinamento: Carlos Renato/Cesinha, Charles/Allan Dias e Misael/Daniel Costa. Entre os testes, apenas Ítalo Henrique permaneceu entre os titulares. Se analisarmos o treino desta quinta-feira (20), o time base para enfrentar o Timbu é o seguinte: Anderson; Marcos Martins, João Victor, Willian Alves e Cesinha; Charles, Ítalo Henrique e Daniel Costa; Dudu, Everton e Pipico.

“A gente treinou algumas variações. Isso é normal no treinamento, algumas possibilidades de entrar jogando e até o jogo ele vai decidir a melhor forma, estudando o time do Náutico. É sempre válido fazer esses estes porque, não só neste jogo, mas no restante da temporada também, é bom ter opção”, comenta William Alves.


FECHAR