publicidade
20/06/19
Foto: JC Imagem
Foto: JC Imagem

Em busca de um primeiro volante, Sport tentou repatriar Marcão

20 / jun
Publicado por Filipe Farias em Notícias às 17:32

Com a paralisação da Série B, a diretoria do Sport está aproveitando para observar o mercado e tentar reforçar o elenco rubro-negro para o restante da competição. A ideia da direção, em acordo com a comissão técnica, é de trazer peças pontuais para se juntar ao grupo. Ou seja, a prioridade é acertar com jogadores que cheguem para suprir certas lacunas e assumam à titularidade.

Dentro desse perfil, o nome de consenso na Ilha do Retiro é o do volante Marcão. O cabeça de área, de 28 anos, vestiu a camisa rubro-negra na temporada passada, atuando em 15 partidas na Série A. De acordo com informações obtidas pela reportagem do Jornal do Commercio, a diretoria leonina tentou repatriar o jogador, que estava defendendo a equipe do Emirates Club, dos Emirados Árabes.

Porém, segundo o representante do atleta, apesar do desejo de Marcão de um dia retornar ao Sport, ele deve seguir por pelo menos mais um ano no futebol asiático. “A diretoria do Sport chegou a me procurar mostrando o interesse no retorno dele (Marcão). A temporada nos Emirados Árabes terminou agora a pouco, mas ele vai voltar pra lá. Nelo (Campos) falou comigo e disse que renovamos por mais um ano”, declarou Felipe Neri, empresário do volante.

Ainda segundo Neri, um retorno do jogador ao Leão não está descartado. “Ele chegou no Sport, jogou 15 partidas consecutivas e só tomou dois amarelos. Pessoalmente, a passagem dele foi muito boa pelo clube. Se o Sport não tivesse caído, ele estaria aí esse ano. Marcão gostou da cidade, da torcida e do clube. Sport é time grande, tradicional. Ele tem só 28 anos, então, tem possibilidade de voltar ao Sport em alto nível”, contou.

No final do ano passado, antes mesmo da eleição para presidente, Milton Bivar fez um acordo com o representante de Marcão para ele seguir no clube em 2019. Mas a proposta dos Emirados Árabes acabou pesando. “Tinha, sim, esse acordo para Marcão voltar. E que ele retornando para o Sport, os atrasados dele do ano passado seriam quitados pela direção, que nem tinha nada a ver com os salários do ano passado. Mas aparecer essa proposta, que era uma situação financeira totalmente diferente”, explicou Felipe Neri.


FECHAR