publicidade
17/06/19
Pipico tem 15 gols pelo Santa Cruz na temporada. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Pipico tem 15 gols pelo Santa Cruz na temporada. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Pipico marca no fim e Santa Cruz arranca empate diante do Globo pela Série C

17 / jun
Publicado por Davi Saboya em Notícias às 22:06

O atacante Pipico brilhou mais uma vez e salvou o Santa Cruz de nova derrota na Série C do Campeonato Brasileiro. A Cobra Coral empatou por 3×3 diante do Globo, nesta segunda-feira, no estádio Barretão, na cidade de Ceará-Mirim, pela 8ª rodada. Na raça, os tricolores conseguiram o empate no fim do confronto com o artilheiro. Os outros gols foram marcados por Dudu e Ramon (contra). Bam Bam (2x) e Negueba fizeram para a equipe potiguar. Com o resultado, o Santa ocupa a terceira colocação do Grupo A com 13 pontos.

O próximo jogo do Santa Cruz acontece no sábado diante do Náutico. O Clássico das Emoções está marcado, à princípio, para o estádio do Arruda. A dúvida fica por conta do estado do gramado do José do Rego Maciel.

O JOGO

Os pernambucanos tiveram a chance de abrir o placar logo no segundo minuto. O atacante Pipico recebeu o passe de Elias, saiu na cara do goleiro Rafael, mas bateu para fora e tirou tinta da trave. O time do técnico Milton Mendes começou o duelo segurando o adversário sem sofrer ameaças e buscando espaços no ataque. Porém, encontrava dificuldade pelo meio e nas laterais não acertou na transição ofensiva.

A resposta do Globo só aconteceu aos 30 minutos e foi fatal. Pouco tempo antes, meia Chiclete saiu na cara do arqueiro coral Anderson, driblou o goleiro e bateu para fora. Mas um vacilo da defesa do Santa Cruz custou caro em seguida. O volante Ítalo Henrique cortou errado o lance, a bola sobrou para o atacante Bam Bam, que dominou e mandou para o fundo da rede.

Gol que o Tricolor do Arruda sentiu no final do primeiro tempo. Ofensivamente, não conseguiu levar perigo a meta do Globo. Como consequência disso, a defesa teve mais trabalho. O ataque do Globo conseguiu cercar a defesa coral.

LEIA MAIS

Ouça os gols do Santa Cruz nas ondas da Rádio Jornal

Pipico destaca força do Santa Cruz para buscar empate

“Nunca estive tão bravo com um empate”, diz executivo do Santa Cruz

Pipico revela meta de gols pelo Santa Cruz e agradece carinho da torcida

Após o intervalo, o Santa Cruz voltou com outra postura para a etapa final. E não demorou para ter sucesso. Aos 7, o lateral-direito Marcos Martins cruzou, o meia Daniel Costa não conseguiu dominar e o atacante Dudu bateu de primeira para empatar o confronto.

O empate coral deixou a partida aberta. O Santa começou a pressionar o Globo, que não ficou apenas na defesa e buscou o triunfo também. Sempre buscando o artilheiro Pipico, os corais tentavam o segundo gol, mas erravam no último passe.

Já o Globo conseguiu ser eficiente mais rápido. Aos 26, o lateral-direito Marcos Martins falhou na marcação, o atacante Negueba aproveitou o vacilo, invadiu a grande área e mandou para o fundo da rede na saída de Anderson. Quatro minutos depois, Bam Bam cobrou uma falta com perfeição e ampliou.

Só que no fim do jogo brilhou a estrela do atacante Pipico. Aos 40, ele arrastou a defesa do Globo, invadiu a grande área, e na tentativa do desarme, o volante Ramon mandou contra a própria meta. Porém, o árbitro Philip George anotou o gol para o tricolor.

E com o centroavante coral, vacilou, levou. Faltando dois minutos para o fim da partida, Pipico recebeu dentro da grande área e bateu girando de primeira para sacramentar o empate.

FICHA DO JOGO – GLOBO 3X3 SANTA CRUZ

Globo – Rafael; Glaubinho (Luiz Renan), Lucão, Jobert e Nininho; Ramon, Jardel, Chiclete (Radames) e Jean Natal; Negueba (Cícero Mateus) e Bambam. Técnico: Higor Araújo.

Santa Cruz – Anderson; Marcos Martins, João Victor, Willian Alves e Carlos Renato (Cesinha); Ítalo Henrique, Allan Dias (Daniel Costa) e Dudu; Everton, Elias (Augusto) e Pipico. Técnico: Milton Mendes.

Local: estádio Barretão, Ceará-Mirim-RN. Árbitro: Philip Georg Bennett (RJ). Assistentes: Wendel de Paiva Gouvea e Thiago Gomes Magalhães (ambos do RJ). Cartões amarelos: Chiclete, Glaubinho, Negueba (Globo). Cartão vermelho: Bam Bam (Globo). Gols: Bam Bam aos 30′ do 1ºT e  33′ do 2ºT, Dudu aos 7′ do 2ºT, Negueba aos 26′ do 2ºT e Pipico aos 40′ e 48′ do 2ºT. Público: 258 torcedores. Renda: R$ 5.100


FECHAR