publicidade
26/05/19
Alexandre Gondim/JC Imagem
Alexandre Gondim/JC Imagem

Gilmar Dal Pozzo lamenta erros de finalização do Náutico

26 / maio
Publicado por Robert Sarmento em Náutico às 8:35

O Náutico bem que tentou, mas não conseguiu sair com a vitória diante do Confiança, e terminou com empate em 1×1, neste sábado (25), que deixou o alvirrubro dentro do G-4 do grupo A da Série C. No entanto, o resultado, especialmente, se considerar o primeiro tempo, pode ser considerado injusto, pelas várias chances de gols perdias pelo time pernambucano, que mandou até uma bola no travessão com Wallace Pernambucano. Mesmo assim, o técnico Gilmar Dal Pozzo comemorou o ponto conquistado fora de casa

“É um campeonato de regularidade. A gente jogou duas partidas agora e conquistou quatro pontos. Pontuar é interessante e aqui não era fácil. É uma adversário de qualidade, que vai brigar pelo acesso também. Então, nós valorizamos”, disse o treinador.

LEIA TAMBÉM

Náutico empata com o Confiança fora de casa pela Série C

DESEMPENHO

Conforme citou Gilmar Dal Pozzo, o Náutico realizou dois jogos em sequência longe dos Aflitos e somou quatro pontos ao vencer o Treze-PB e empatar com o Confiança. Contra a equipe paraibana, o Timbu conseguiu segurar o resultado, mas não obteve o mesmo resultado diante do Dragão, tomando inclusive um gol depois de um lateral cobrado para dentro da área.

“Fizemos um gol de bola parada. É enaltecer o trabalho feito na semana. Depois tomamos o gol e o adversário cresceu na partida. O Daniel Paulista (treinador do Confiança) colocou jogadores de velocidade do meio para frente e a gente encontrou uma certa dificuldade após os 20 minutos (do segundo tempo). Antes o jogo estava controlado e a gente mais próximo de fazer o segundo gol”, avaliou.

ERRO DE ARBITRAGEM

Aos sete minutos do primeiro tempo, quando André Krobell bateu falta direto, o goleiro Jean tentou fazer a defesa em dois lances. Porém, quando tentou ‘abafar’, a bola ultrapassou a linha e entrou. Apesar da reclamação dos alvirrubros, o trio de arbitragem deixou o lance seguir e não validou o gol do Náutico.

O lance foi comandado, de forma rápida, pelo técnico do Timbu, e reforçou sobre os erros nas finalizações. “No primeiro tempo, tivemos um gol mal anulado. São esses momentos do futebol. Quando estiver melhor tem que definir a partida”, concluiu.


FECHAR