publicidade
21/05/19
Leandrinho e Hyuri_sport
Leandrinho e Hyuri_sport

Reservas podem dar boa “dor de cabeça” a Guto Ferreira

21 / maio
Publicado por Luana Ponsoni em Campeonato Brasileiro Série B às 8:06

Poucas coisas chamam mais atenção em campo do que gols. Sobretudo quando os tentos mudam a história da partida. Foi sob essa ótica que Leandrinho, Elton e Hyuri entraram em campo no último domingo. Todos saíram do banco de reservas para participar diretamente dos lances que deram ao Sport a vitória, de virada, sobre o América-MG, por 2×1, em duelo da quarta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, no Independência. Além de ampliar o leque de opções do técnico Guto Ferreira, o desempenho dos atletas faz “sombra” sobre os titulares que não vêm rendendo nos últimos jogos, a exemplo de Hernane Brocador e Ezequiel.

O primeiro a entrar em campo no duelo contra o Coelho foi Hyuri, que estreou com a camisa do Sport. Ele foi acionado pelo técnico Guto Ferreira aos 15 minutos do segundo tempo para assumir a vaga de Samir. Contrariando o futebol apresentado no empate leonino diante do Bragantino, por 1×1, o camisa 10 não conseguiu render tanto diante do América-MG.

Dez minutos depois da entrada de Hyuri, porém, os mineiros balançaram as redes com Ademar. Aos 31, então, Guto Ferreira fez as demais alterações que mudaram a história do duelo. Elton entrou no lugar de Brocador e Leandrinho na vaga de João Igor. Antes de explodir uma bola na trave de Jori aos 39 minutos, Elton sofreu o pênalti aos 40. Guilherme, então, foi para a cobrança e empatou o duelo aos 45.

No “apagar das luzes”, Leandrinho e Hyuri fizeram o inesperado. O meia roubou a bola no meio-campo e fez belo passe para o atacante, que, em posição legal, já tinha avançado em direção o gol para balançar as redes.
“Trabalhei muito para isso. Havia comentado antes que fazia algum tempo que não estreava com um gol e foi muito difícil ter entrado, e no primeiro minuto, ter visto o adversário abrir o placar. Mas falei para o Guilherme que iríamos trabalhar para virar o jogo e ter a oportunidade de fazer o da vitória”, disse Hyuri, em entrevista ao site do Sport.

“Treinamos isso bastante e nos conhecemos bem. Hyuri é um atleta de bastante velocidade, falei para ele que o zagueiro estava saindo muito com nosso centroavante e deixando um espaço nas costas. Feliz que a jogada aconteceu e conseguimos a vitória”, completou Leandrinho.


FECHAR