publicidade
18/05/19
Everton acredita que o momento ruim do Santa Cruz vai passar. Alexandre Gondim/JC Imagem
Everton acredita que o momento ruim do Santa Cruz vai passar. Alexandre Gondim/JC Imagem

Jogadores do Santa Cruz acreditam que a arbitragem interferiu no empate contra o Sampaio Corrêa

18 / maio
Publicado por Robert Sarmento em Notícias às 22:27

Após o empate em 3 a 3, neste sábado, no estádio do arruda, diante do Sampaio Corrêa, os jogadores do Santa Cruz reclamaram muito do trio de arbitragem formado por Alinor Silva da Paixão, Fábio Rodrigo Rubinho e Renan Antonio Angelim Rodrigues, O tricolor pernambucano está questionado a confirmação de dois gols do time maranhense e também um pênalti não marcado em cima do lateral-esquerdo Carlos Renato. Segundo os atletas, o árbitro influenciou o resultado do jogo.

“Não vou falar que é por maldade. Eles foram infelizes. Mas foi claro a participação em lances de dois gols do Sampaio Corrêa e no pênalti (não marcado em Carlos Renato) direta em que a gente iria sair com a vitória. Fomos prejudicados”, afirmou, o volante Charles.

PRESSÃO

Sem o resultado positivo, a pressão sobre o treinador Leston Júnior e o elenco coral, pois a equipe segue na lanterna do grupo A da Série C, com três pontos e nenhuma vitória na competição. Para o atacante Pipico, é preciso mudar a situação já no próximo sábado contra o ABC-RN.

“A gente não consegue manter o placar. Mas também não posso deixar de falar da arbitragem porque prejudicou muito. Agora temos que ver o que tem para consertar. Temos mais um jogo dentro de casa e vamos trabalhar para reverter a situação”, avaliou o atacante Pipico.

LEIA MAIS

Santa Cruz marca três gols, mas vacila e empata com Sampaio Corrêa

Leston fica na bronca com arbitragem de Santa Cruz x Sampaio Corrêa

CONFIANÇA

O meia Everton, autor de um dos gols do Santa Cruz na partida, sendo o primeiro dele com a camisa coral, entende a cobrança do torcedor pelo resultado. Ele também afirma que é preciso saber lidar com a cobrança e acredita que o momento ruim vai passar.

“O torcedor tem que cobrar. Infelizmente, a vitória não veio. O jogador, quando está em um grande clube, sabe que a pressão, interna e externa, vem. Estamos nos cobrando. A situação incomoda. Têm alguns árbitros que chegam aqui e fazem o que ele fez (erros). Mas vamos treinar e em um momento a vitória chega”, disse.


FECHAR