publicidade
03/05/19
Foto: Léo Lemos/Náutico
Foto: Léo Lemos/Náutico

Velho conhecido, Imperatriz-MA mantém invencibilidade de 11 jogos em 2019

03 / maio
Publicado por Klisman Gama em Náutico às 17:41

Adversário do Náutico no próximo sábado (4), o Imperatriz-MA está na sua sétima participação na Série C do Campeonato Brasileiro. E já estreou com o pé direito, derrotando o Globo-RN em casa, por 2 a 0. Além disso, os dois Alvirrubros já se encontraram nesta temporada. O duelo aconteceu pela primeira fase da Copa do Brasil, no Maranhão, e a partida terminou empatada em 1 a 1, com classificação dos pernambucanos. Agora, nos Aflitos, a meta do Cavalo de Aço é apagar a impressão deixada do último embate.

Em comparação com o último encontro das duas equipes em fevereiro, e o último jogo do Imperatriz no sábado (27), aconteceram quatro mudanças no time titular. O esqueleto do time permanece e tem como principais destaques o meia Daniel Barros e o atacante Junior Chicão. Ambos possuem três gols na temporada e foram peças importantes na conquista do título estadual em cima do Moto Club. O centroavante, inclusive, foi o artilheiro do Alvirrubro maranhense no acesso para a Série C, em 2018, com oito gols marcados.

MONTAGEM DA EQUIPE

O técnico do Imperatriz, Ruy Scarpino, arma sua equipe no 4-3-3, com dois pontas velozes. O time gosta de acelerar o jogo, buscando ligação direta e apostando nas situações de ‘um contra um’ dos seus extremos. Além disso, a bola aérea também é bastante utilizada. Na conquista do maranhense, os três gols da vitória por 3 a 2 vieram de bolas alçadas para a área. Ponto muito explorado buscando Junior Chicão para cabecear, ou no intuito de atrair a marcação adversária. No último duelo, contra o Globo-RN, um deles veio foi marcado de cabeça, após cruzamento da esquerda, completado pelo atacante Val Barreto.

Os números do Cavalo de Aço na temporada são bons. Foram 13 jogos, com seis vitórias, seis empates e apenas uma derrota. 18 gols marcados e apenas dez sofridos. E ostenta uma invencibilidade de 11 jogos, tendo perdido seu único jogo no dia 23 de janeiro, para o Moto Club, por 1 a 0. Para a disputa da competição, a equipe já fez cinco contratações e pode ainda se reforçar mais, visando, pelo menos, a permanência na Terceira Divisão.


FECHAR