publicidade
02/05/19
Foto: Léo Lemos/Náutico
Foto: Léo Lemos/Náutico

Com desempenho ruim, Náutico volta a se preocupar com a defesa

02 / maio
Publicado por Fernando Castro em Náutico às 16:27

Depois de duas derrotas consecutivas, o desempenho da defesa do Náutico voltou a preocupar. Nos últimos três jogos, a equipe alvirrubra sofreu cinco gols. O período coincide com a volta do zagueiro Suéliton ao time titular, depois de se recuperar de uma lesão. Antes, com Camutanga formando a dupla de zaga com Diego Silva, o Timbu havia sofrido apenas um gol nas últimas três partidas.

Mais do que os números, o desempenho dentro de campo da defesa do Náutico não tem passado confiança ao torcedor. No setor mais mexido pelo técnico Márcio Goiano, Suéliton foi o zagueiro que mais atuou no ano com 20 partidas. Apesar do número de jogos, o jogador, de 27 anos, não tem conseguido repetir as boas atuações do ano passado que fez, inclusive, sua renovação ser comemorada por grande parte da torcida alvirrubra.

“Temos que estar mais ligado na bola parada. A gente não vinha tomando esses gols. Precisamos corrigir esses erros bestas que estão dando muitos contra-ataques para o adversário. Vamos colocar a cabeça no travesseiro e ver o que cada um errou. Já temos um jogo importante pela Série C e não podemos ficar chorando. Tem que levantar a cabeça”, alertou o goleiro Bruno.

Na temporada, o Náutico tem como média quase um gol sofrido por jogo. São 26 jogos no ano e 25 gols sofridos. Um dos principais alvos das críticas dos torcedores alvirrubros, o zagueiro Camutanga iniciou a temporada mal, voltou a ganhar oportunidade, melhorou o rendimento dentro de campo, mas acabou sacado novamente do time titular com o retorno de Suéliton.

ZAGA NOS ÚLTIMOS SEIS JOGOS

Campinense 2×1 Náutico – Diego Silva e Suéliton

ABC 2×0 Náutico – Diego Silva e Suéliton

Sport 1×2 Náutico – Diego Silva e Suéliton*

Náutico 0x1 Sport – Diego Silva e Camutanga

Ceará 0x2 Náutico – Diego Silva e Camutanga

Náutico 2×0 Afogados – Diego Silva e Camutanga

*Suéliton foi expulso aos 11 minutos do primeiro tempo no segundo jogo da final do Campeonato Pernambucano. Josa foi improvisado na zaga.


FECHAR