publicidade
17/04/19
Pipico até que tentou, mas não conseguiu balançar a rede para o Santa Cruz. Foto: Wallace Teixeira/Estadão Conteúdo
Pipico até que tentou, mas não conseguiu balançar a rede para o Santa Cruz. Foto: Wallace Teixeira/Estadão Conteúdo

Apático, Santa Cruz sofre e perde para Fluminense no Maracanã

17 / abr
Publicado por Davi Saboya em Notícias às 23:29

O Santa Cruz foi dominado pelo Fluminense e perdeu por 2×0, nesta quarta-feira, no Maracanã, na partida de ida da quarta fase da Copa do Brasil. Os corais tiveram apenas uma finalização, no segundo tempo, quando conseguiram um pouco mais de posse de bola. Porém, na etapa inicial, não saíram do campo de defesa e apenas assistiram ao adversário construir o placar com tranquilidade. O jogo de volta acontece na quinta-feira da próxima semana no Arruda.

O JOGO

Como era esperado, o Fluminense começou a partida controlando a posse de bola e pressionando o Santa Cruz. Antes do cronômetro marcar um minuto, os mandantes quase abriram o placar. O atacante Yony recebeu na grande área e chutou duas vezes. Na primeira chance, bateu em cima do goleiro Anderson e no rebote mandou para fora.

Quando os corais tentaram sair para o ataque pagaram caro pelo erro na jogada. Aos 18 minutos, o lateral-direito Gilberto desarmou o lateral-esquerdo Carlos Renato no meio-campo e partiu para o ataque. Ele tabelou com o atacante Yony, invadiu a grande área e bateu cruzado. A bola desviou no volante Charles e enganou Anderson.

Sem deixar o Tricolor do Arruda respirar, o Fluminense seguiu em cima e colocou todo o time pernambucano no campo de defesa. E o segundo gol não demorou para acontecer. Aos 28, o atacante Luciano recebeu na entrada da grande área e bateu colocado no ângulo. Um golaço! Abalado e apático, o Santa Cruz terminou a etapa inicial sem conseguir encaixar uma jogada de ataque.

LEIA MAIS

Ingressos promocionais para Santa Cruz x Flu começam a ser vendidos nesta quinta

“Dois gols que a gente deu um cochilo”, analisa Pipico

Técnico diz que Santa Cruz precisava de mais agressividade na marcação contra Fluminense

Depois do intervalo, o Fluminense continuou com o controle da partida, porém, sem a mesma intensidade. O time do técnico Leston Júnior até tentou sair da defesa, mas apresentou muita dificuldade na transição ofensiva. A primeira finalização no jogo aconteceu somente os 21 minutos do segundo tempo.

O atacante Pipico, que em todo jogo tentou tirar o Santa do campo defensivo, roubou a bola e partiu para o ataque. Ele invadiu a grande área e foi desarmado. A bola sobrou para o meia-atacante Luiz Felipe, que bateu fraco para fácil defesa do goleiro Rodolfo.

Apesar da vontade, o time pernambucano não conseguiu acertar uma nova finalização. O Fluminense tentou aumentar o ritmo, mas não conseguiu repetir o desempenho da etapa inicial, mesmo tento um gol mal anulado – Luciano não estava impedido, como assinalou a arbitragem.

FICHA DO JOGO – FLUMINENSE 2X0 SANTA CRUZ

Fluminense – Rodolfo; Gilberto, Matheus Ferraz, Nino e Caio Henrique; Airton (Léo Artur), Allan e Paulo Henrique Ganso (Dodi); Everaldo, Luciano e Yony (Pedro). Técnico: Fernando Diniz.

Santa Cruz – Anderson; Marcos Martins, João Victor, Willian Alves e Carlos Renato; Charles, Ítalo Henrique e Allan Dias (Lorenzi); Dudu (Luiz Felipe), Augusto (Elias) e Pipico. Técnico: Leston Júnior.

Local: Maracanã. Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF). Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e Ciro Chaban Junqueira (DF). Cartões amarelos: Luciano (Fluminense). Marcos Martins (Santa Cruz). Gols: Gilberto aos 18′ do 1ºT e Luciano aos 28′ do 1ºT. Público: 19.860 torcedores. Renda: R$ 454.055,00.


FECHAR