publicidade
17/02/19
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Santa Cruz bate Sport no primeiro Clássico das Multidões de 2019

17 / fev
Publicado por Davi Saboya em Notícias às 19:07

Não foi dos melhores duelos técnicos, mas durante os 90 minutos as equipes não deixaram de buscar a vitória. Só que dessa vez quem levou a melhor no primeiro Clássico das Multidões de 2019 foi a Cobra Coral. O Santa Cruz venceu por 1×0 o Sport, neste domingo, em partida válida pela 6ª rodada do Campeonato Pernambucano. Abrilhantando ainda mais a estreia dentro de casa na temporada. O gol da vitória foi marcado pelo meia Allan Dias e o goleiro Magrão voltou a falhar com a camisa rubro-negra no lance.

O confronto entre os rivais ainda teve espaço para polêmica. Os leoninos ficaram na bronca com o trio de arbitragem. Allan Dias mandou de cabeça, tentando afastar a bola, que bateu na mão dentro da grande área de defesa. Depois do último apito, o árbitro Luiz Sobral expulsou o atacante Juninho.

LEIA MAIS:

Ouça o gol do Santa Cruz no clássico nas ondas da Rádio Jornal

Confira o Clássico das Multidões nas lentes da JC Imagem

Com o resultado, os tricolores assumiram a liderança do Estadual com 13 pontos. Mesma pontuação do Central que está logo atrás. Na terceira colocação, o Leão tem 12. O próximo jogo está marcado para esta quarta-feira contra o Náutico pela Copa do Brasil. A equipe rubro-negra só volta a campo no próximo dia 28 contra o Afogados na Ilha do Retiro pelo Estadual.

O JOGO

O clássico começou bastante disputado no José do Rego Maciel. Mandante, o Santa Cruz buscou pressionar o Sport. Os corais conseguiram controlar o jogo no campo de ataque, mas não assustaram o goleiro Magrão. Já o Sport não ficou apenas se defendendo e tentava responder. Tanto que teve a primeira chance com Guilherme. Ele recebeu de Hernane na grande e bateu rasteiro para grande defesa do goleiro Anderson com os pés.

Apesar da boa organização defensiva, a Cobra Coral não conseguia repetir a atuação no ataque. Sem a referência ofensiva, o atacante Pipico, que cumpriu suspensão, os tricolores tentavam ameaçar o rival pelas laterais, mas erravam no último passe. Enquanto isso, mesmo com pouca frequência, o Leão foi mais efetivo no pelotão de frente. Principalmente pelo lado direito com o ataque Guilherme.

Depois do intervalo, o Sport voltou com mais vontade e querendo propor o jogo. Do outro outro lado, o Santa Cruz esperou o adversário vacilar para encaixar os contrata-ataques. Porém, os leoninos não conseguiram ameaçar o arqueiro coral e quem teve as melhores oportunidades foi a Cobra Coral. Primeiro, na jogada de Jô pelo lado direito que Elias não conseguiu completa e depois duas vezes com Guilherme Queiroz.

Mais eficiente na etapa final, o Santa Cruz conseguiu o êxito quando o Clássico das Multidões começavam a se dirigir para reta final. Aos 27 minutos, em falta pelo lado direito, o lateral Marcos Martins levanta a bola na área e o meia Allan Dias manda de cabeça para o gol. A bola foi em cima do goleiro Magrão, que não conseguiu segurar a bola, e falhou mais uma vez neste ano. Depois, os donos da casa administraram o resultado positivo diante de falsa pressão rubro-negra sem organização.

No fim do jogo, uma polêmica. No último lance, os jogadores do Sport ficaram na bronca em um lance onde Allan Dias afastou a bola de cabeça e a bola bateu na mão. Depois da partida, elenco e comissão técnica foram reclamar com o árbitro Luiz Sobral. Na ocasião, o atacante Juninho recebeu o cartão vermelho.

FICHA DO JOGO – SANTA CRUZ 1×0 SPORT

Santa Cruz – Anderson; Marcos Martins, Danny Morais, João Victor e Bruno Ré; Charles, Lorenzi e Allan Dias; Jô (Cesinha), Elias (Luiz Felipe) e Guilherme Queiroz (Neto Costa). Técnico: Leston Júnior.

Sport – Magrão; Norberto, Rafael Thyere, Adryelson e Sander; Ronaldo, Charles (Luan) e Kaio; Ezequiel (Allison Farias), Guilherme e Hernane Brocador (Juninho). Técnico: Milton Cruz.

Local: Estádio do Arruda. Árbitro: Luiz Sobral. Assistentes: Francisco Chaves e Bruno Vieira. Cartões amarelos: Jô e Allan Dias. (Santa Cruz). Charles e Ronaldo (Sport). Cartão vermelho: Juninho (Sport). Gol: Allan Dias aos 27′ do 2ºT. Público: 16.483 Renda: R$ 301.860


FECHAR