publicidade
11/02/19
Fotos: Bobby Fabisak / JC Imagem
Fotos: Bobby Fabisak / JC Imagem

Santa Cruz destaca equilíbrio emocional para vencer

11 / fev
Publicado por Karoline Albuquerque em Notícias às 9:10

Em pouco mais de um mês com bola rolando na atual temporada, o Santa Cruz já encara a terceira competição. A equipe coral estreia na Copa do Brasil, nesta quinta-feira (14), às 21h30, horário de Recife, diante do Sinop-MT, na cidade homônima. Nesta primeira fase, só acontece o jogo de ida, com o visitante, no caso o time pernambucano, avançando com a vitória e com o empate. Além dos R$ 525 mil já adquiridos pela participação, o clube tricolor embolsa mais R$ 625 mil caso consiga a classificação. Por esse motivo, a competição nacional é a prioridade.

“Acho que todos temos a responsabilidade. Sabemos que vai ser um jogo difícil e vamos dar o melhor para que a gente possa voltar classificado, e isso vai nos dar condições (financeiras) melhores. A gente tem saber o que o professor Leston vai falar em relação a equipe deles. Se vamos marcar em linha alta ou baixa. A gente vai trabalhar para chegar lá e conseguir a classificação”, disse o atacante Pipico.

Já o comandante Leston Júnior não entrou na questão dos valores financeiros e preferiu falar sobre o equilíbrio emocional do elenco para encarar jogos importantes. “Nós temos maturidade individual, mas coletiva ainda estamos ganhando. Nós temos uma perspectiva boa para a sequência com um todo, não só na Copa do Brasil, que é o foco agora, mas para toda a temporada. Manter o nível de comportamento. No dia em que não ganhar, o torcedor não vai ficar decepcionado porque vai ver entrega em campo”, analisou.

A rodada de abertura da competição nacional quase trouxe surpresas para times considerados favoritos no confronto. Corinthians e Vasco empataram com Ferroviária e Juazeirense, respectivamente, e estiveram eliminados do torneiro em boa parte do jogo. Exemplos nos quais Pipico usa para pedir atenção na partida contra o Sinop-MT.

“Hoje você não pode entrar desligado. Tem que respeitar todas as equipes. Corinthians e Vasco passaram muitas dificuldades para sair classificados e com a gente não vai ser diferente. O adversário vai querer fazer de tudo para vencer e nós temos que ter sabedoria para fazer um bom jogo e voltar classificado”, concluiu.


FECHAR