publicidade
22/01/19
Santa Cruz jogou na estreia da temporada na Arena de Pernambuco. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Santa Cruz jogou na estreia da temporada na Arena de Pernambuco. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Zagueiro do Santa Cruz quer repetir artilharia de Ronaldo Alves em 2016

22 / jan
Publicado por Karoline Albuquerque em Notícias às 8:11

Se os primeiros jogos oficiais do Santa Cruz na temporada 2019 já têm resultados a se comemorar, as partidas são ainda mais especiais para o zagueiro Vitão. O time não sofreu gols diante do Botafogo-PB, fora de casa, pela Copa do Nordeste, nem contra o América, no Estadual. Além disso, ou melhor que isso, o zagueiro celebra dois gols marcados no último domingo (20). O objetivo é repetir o feito do zagueiro Ronaldo Alves em 2016, quando ainda defendia o Náutico.

“Vou fazer de tudo para que seja eu esse ano”, disse o tricolor. Há três anos, Ronaldo Alves marcou seis vezes durante o Campeonato Pernambucano.

LEIA MAIS:

Giro NE: reforços chegam ao Grupo A da Copa do Nordeste

Santa Cruz: Ricardo Ernesto minimiza bom início sem sofrer gols

Início da Copa do Nordeste tem recorde de público

Foi, inclusive, a primeira vez em que Vitão fez dois gols em um único jogo. A mesma quantidade marcada na temporada passada inteira. “Sensação maravilhosa. Primeiro pela vitória, pelo grupo. Se eu puder fazer quando tiver oportunidade, vou fazer para ajudar o Santa Cruz”, emendou.

Dos dois tentos, o que abriu o placar se destacou mais, pela distância em que Vitão acertou o ângulo do goleiro esmeraldino Dida. Ele até já tinha feito gol de tão longe, mas não com essa beleza. O que o fez ficar acordado até mais tarde, revendo e pensando no lance. “Espero que a fase artilheiro seja esse ano. De vez em quando faço um golzinho, esse ano espero que seja muito. Tenho uma meta especial e não vou revelar agora. No final do ano revelo”, desconversou.

O crédito pelos gols vai todo para o trabalho realizado nos treinamentos. “A gente treina finalização, não só os atacantes, mas zagueiros, laterais, chute de longa distância”, contou e completou Vitão.


FECHAR