publicidade
11/01/19
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Foto: Felipe Ribeiro/JC Imagem

“Estou preocupadíssimo com a defasagem financeira”, diz Evandro Carvalho sobre o Estadual

11 / jan
Publicado por Maria Lua Ribeiro em Náutico às 15:13

Por Robert Sarmento, da Rádio Jornal

O Campeonato Pernambucano começa no 19 de janeiro, e a questão financeira é uma preocupação da Federação Pernambucana de Futebol. Pelo menos, foi o que confirmou o presidente da FPF, Evandro Carvalho, em entrevista à Rádio Jornal, nesta sexta-feira (11). Ele disse que está preocupado com a questão financeira, pela falta de investimentos, em relação à programas como o ‘Gol de Placa’, em que o Governo da Paraíba repassa orçamento aos clubes locais.

LEIA MAIS:

Santa Cruz: placar eletrônio chega ao Arruda na próxima semana

Maylson se vê com mais responsabilidade para brigar por titularidade no Náutico

Milton Cruz esboça time do Sport para estreia no Pernambucano

Norberto recorre à máxima de “disputa sadia” pela lateral direita no Sport

“Nos reunimos na federação e na CBF, e eu diria que estou preocupadíssimo com a nossa defasagem financeira em relação aos outros estados do Norte/Nordeste. Temos no cenário hoje, só PE que não tem investimento e aportes do Governo do Estado na área de turismo, cultura, e os outros estados estão levantando entre R$ 8 e R$ 12 milhões. Isso faz com que o futebol desses Estados se fortaleça muito, porque esse não é o primeiro ano. Há quatro anos seguidos que eles estão aportando isso, e no ano passado já vimos o resultado”, informou.

O presidente da FPF também relatou que o valor dos ingressos faz diferença em relação aos recursos para o campeonato estadual.

“Futebol é receita. Evidente que não é só isso. Pernambuco cobra o menor valor de ticket do Brasil. Perdemos para Rondônia, Roraima, Paraíba, Fortaleza. O ingresso do futebol de Pernambuco foi o mais barato do Brasil. Não temos praticamente ninguém de sócios. Os outros Estados tem 30 mil sócios. E aqui temos mil. Então está muito difícil fortalecer nesse cenário que estamos tentando fortalecer hoje”, concluiu.

Gol de Placa

Semelhante ao ‘Todos com a Nota’, o programa do Governo da Paraíba consiste em trocar notas fiscais no valor mínimo de R$ 50 por um ingresso para qualquer partida do campeonato estadual. A cada nota trocada por um bilhete, o Estado paga R$ 20 para o clube mandante da partida.


FECHAR