publicidade
30/12/18
Foto: Fernando Castro/Jornal do Commercio
Foto: Fernando Castro/Jornal do Commercio

Reforço do Santa Cruz otimista com a disputa da Copa do Nordeste

30 / dez
Publicado por Maria Lua Ribeiro em Notícias às 8:45

Na contagem regressiva para a estreia da temporada de 2019, o reforço do Santa Cruz Cesar Augusto está otimista com a campanha do Tricolor na Copa do Nordeste de 2019. Para o lateral-direito, apesar do nível de dificuldade da competição a Cobra Coral pode triunfar na próxima edição do Regional. O Santa fará a estreia no Nordestão no dia 15 de janeiro, quando enfrenta o Botafogo-PB no Almeidão. O jogo será realizado às 21h30.

LEIA MAIS:

Lateral já está ciente da pressão que o Santa Cruz vai enfrentar em 2019

Público na Copa do Nordeste sempre será superior à Copa do Brasil, opina dirigente

Ex-Sport e Santa Cruz, Everton Heleno é condenado a mais de sete anos de prisão

Mais um lateral apresentado pelo Santa Cruz, Raphael Soares minimiza concorrência

“Sei que vai ser um campeonato difícil para a gente, mas tenho certeza e confiança no nosso grupo, que a gente pode chegar bem longe na competição”, disse Cesar Augusto em entrevista coletiva concedida nesta semana. Ele também mencionou o calendário cheio para o Santa Cruz, sobretudo no primeiro semestre, quando o time comandado por Leston Júnior vai disputar o Pernambucano, a Copa do Brasil, e ainda dará início à Série C do Campeonato Brasileiro.

“Será um ano de muitas competições para a gente, ano de bastante visibilidade como a Copa do Nordeste, quando eu tava em São Paulo e Minas Gerais eu estava sempre acompanhando a Copa do Nordeste, os campeonatos locais, tanto que tinha amigos disputando também, sei da dificuldade do campeonato”, afirmou.

Adaptação

Pela primeira vez trabalhando na região, o jogador também citou a adaptação necessário para atuar. “Por ser minha primeira passagem aqui no Nordeste, eu estou esperando uma adaptação um pouco mais difícil, acostumar com o calor, apesar que eu estava jogando em Minas Gerais e lá era bastante quente também, mas eu estou me adaptando bem, meus companheiros me receberam muito bem, a gente está dando uma sequência no trabalho um pouco mais forte para poder nos adaptarmos mais rápido”, finalizou.


FECHAR