publicidade
25/12/18
O Sport saiu da Liga após o vice em 2017. Foto: Guga Matos/JC Imagem
O Sport saiu da Liga após o vice em 2017. Foto: Guga Matos/JC Imagem

Presidente apoia retorno do Sport à Liga do Nordeste

25 / dez
Publicado por Karoline Albuquerque em Notícias às 12:04

Em 2017, pouco depois do vice-campeonato da Copa do Nordeste daquela temporada, o então presidente do Sport Arnaldo Barros anunciou a desfiliação da Liga do Nordeste, o que afastou o clube da competição no ano seguinte. Agora, com Milton Bivar eleito para o biênio 2019-2020, o desejo de retorno ao regional fica mais claro. No que depender do presidente da Liga Eduardo Rocha, o Leão volta ao Nordestão.

“É um assunto muito doloroso, a gente da Liga já tem como página virada. O Sport merece o respeito de todo o Brasil, já disputou campeonatos internacionais, já foi campeão brasileiro, mais de uma vez campeão do Nordeste. Infelizmente, num momento de erro, o presidente da época resolveu se retirar da competição e da minha visão não agiu de forma inteligente. Para mim isso é página virada”, comentou Rocha, em entrevista à Rádio Jornal e ao Jornal do Commercio.

LEIA MAIS:

Presidente eleito do Sport confirma que Rogério está indo para o Bahia

Jogadores do Botafogo devem reforçar o Sport em 2019

Técnico do sub-20 do Sport explica “perigo” de grupo sem tradição

Ele ainda revelou que tanto Milton como Eduardo Carvalho, que também disputava o cargo de mandatário rubro-negro, enviaram cartas solicitando o retorno do time à competição em 2020. Como presidente da Liga, Rocha não teria direito a voto. Mas, por ser também o mandatário do América-RN, ele pode expressar sua escolha no colegiado. Desde já, ele afirmou que dará voto favorável ao time pernambucano, afirmando ainda que a instituição não pode pagar pelo erro de um dirigente.

Assim, Eduardo Rocha explicou o passo a passo para que o clube seja aceito de volta. “Como ele pediu a desfiliação, chegou a esse ponto, o primeiro passo é mandar uma carta com pedido de refiliação. Temos que levar a um colegiado, mas imagino que ninguém vai ter problema de ver o Sport participar da competição novamente. Ao se refiliar, o Sport terá que em campo terminar ao menos em terceiro lugar no Pernambucano”, concluiu o presidente da Liga do Nordeste.


FECHAR