publicidade
06/12/18
Foto: Alexandre Gondim/ JC Imagem.
Foto: Alexandre Gondim/ JC Imagem.

“Atitude que desafia a família rubro-negra”, diz candidato sobre associados membros de torcida organizada

06 / dez
Publicado por Maria Lua Ribeiro em Notícias às 10:02

O candidato à presidência do Sport, Eduardo Carvalho, afirmou na manhã desta quinta-feira (6) que vai solicitar a abertura de uma investigação acerca da quitação de mensalidades de associados do clube que integram a Torcida Jovem. Carvalho disse que pretende apurar com que finalidade e de que forma os membros da organizada estão conseguindo recursos afim de se tornarem aptos a votar na eleição que vai definir a gestão do biênio 2019-2020.

LEIA MAIS:

Sport: séria ameaça de perda de jogadores

Dubeux nega ter antecipado receitas e diz que quem fez isso foi Milton Bivar

Ranking da CBF mostra Sport caindo uma posição e Pernambuco como melhor do Nordeste

Nas redes sociais, jogadores agradecem e se despedem do Sport

“Amanhecemos hoje com uma notícia que causou perplexidade, de que um determinado agrupamento de pessoas que se auto-denominam uma torcida organizada, que foi banida do futebol pernambucano e brasileiro por conta de uma determinação judicial, está promovendo um recrutamento de filiados, com o intuito de torná-los aptos a votarem nesse próximo pleito do dia 18 de dezembro”, disse o candidato da chapa 3 à presidência rubro-negra, Uma Razão para Viver.

Eduardo Carvalho avisou que vai se reunir com urgência para iniciar uma apuração acerca do caso. “Apresentamos uma nota solicitando medidas contundentes da Polícia, do Ministério Público e da comissão eleitoral do Sport Club do Recife, no sentido de que isso seja apurado. Vou me reunir de hoje para amanhã com toda a urgência com o corpo jurídico da nossa campanha, para estudarmos qual seria a medida concreta em face dessa atitude que desafia a família rubro-negra, e que pode pôr em riso a lisura desse próximo processo eleitoral”, argumentou.

Confira a nota na íntegra

Em nome do movimento UMA RAZÃO PARA VIVER, solicitamos medidas urgentes e contundentes, por parte das autoridades, para que seja aberta uma investigação com o intuito de saber de que modo e com que finalidade a Torcida Jovem, uma instituição banida judicialmente do futebol, está tendo recursos para pagar e pôr em dia a mensalidade dos seus associados junto ao Sport Club do Recife. Atenciosamente,

Eduardo Carvalho Candidato a presidente do Sport pela Chapa 3 – UMA RAZÃO PARA VIVER


FECHAR