publicidade
11/10/18
Foto: Rodrigo Baltar/ Ascom Santa Cruz
Foto: Rodrigo Baltar/ Ascom Santa Cruz

Técnico do Santa Cruz deve ser anunciado até o fim do mês

11 / out
Publicado por Wladmir Paulino em Notícias às 10:44

Por Davi Saboya, do Jornal do Commercio
Twitter: @davisaboya

A torcida do Santa Cruz está perto de conhecer o novo comandante para a próxima temporada. Segundo o vice-presidente de futebol, Felipe Rego Barros, a direção deve acertar com o técnico até o fim deste mês de outubro. Isso porque a expectativa é que o elenco se reapresente para começar a pré-temporada visando 2019 na segunda quinzena de novembro.

“Acredito que no final desse mês teremos definido o nome do treinador”, afirmou o vice de futebol tricolor.

Até agora cinco jogadores renovaram o contrato com o Santa Cruz. O goleiro Ricardo Ernesto, o volante Eduardo, os meias Geovani e Jeremias, além do atacante Pipico. Além deles, já estavam com contratos estendidos: Danny Morais, Charles, Hericlis e Augusto. Outros garotos da base que já estavam no elenco também permanecem no Tricolor do Arruda, como por exemplo, o zagueiro Eduardo Brito.

Outro ponto traçado no planejamento do futebol é a integração entre base e profissional no departamento físico. Para comandar esse projeto, o Santa Cruz renovou com o preparador físico Flávio Trevisan, que deve desembarcar no Recife ainda neste mês. O trabalho será feito inicialmente com os pratas da casa.

“Começaremos incomparavelmente melhor. Infinitamente melhor. O presidente (Constantino Júnior) foi eleito e tivemos que começar do zero, montar quase tudo em um mês. Zero de material humano, receita e equipamento. Agora temos a casa minimamente estruturada para reiniciar o trabalho com os jogadores que ficaram, garotos para serem integrados e contratações dentro de um planejamento”, declarou Felipe Rego Barros.

De acordo com o vice de futebol, a intenção é deixar o clube equilibrado fora do campo para gerar um suporte ao time. “O torcedor pode esperar um clube organizado. Estamos trabalhando para deixar tudo certo e de maneira financeiramente responsável. Um clube que cada setor esteja alinhado com essa política. Em termos desportivos que consigamos formar uma equipe competitiva, que jogue com sangue nos olhos e brigue por todos os títulos”, explicou.

Após ser eliminado na primeira fase da Copa do Brasil deste ano para o Flu de Feira, o Santa Cruz irá priorizar a competição. Além de elevar o patamar em um ano que disputa a Série C, o clube está de olho nas possíveis cotas de cada fase. “Precisamos chegar entre os 16 melhores, pois dessa maneira nos colocará em alto nível nacional e irá garantir um aporte financeiro”, disse Felipe.

Temporada

Questionado sobre o que torcedor pode esperar do Santa Cruz em 2019, o “homem forte” do futebol tricolor não escondeu a confiança. “Extracampo, a política implantada pelo núcleo gestor de austeridade. Dentro de campo, uma equipe mantendo a mesma semelhança dos nossos times vencedores. Jogadores experientes junto com garotos da base. Esse “mix” sempre deu certo. Isso na mesma proporção”, finalizou.


FECHAR