publicidade
14/09/18
Foto: Reprodução/Twitter Giovanni Simeone
Foto: Reprodução/Twitter Giovanni Simeone

“Infelizmente nunca vou contratá-lo”, diz Simeone sobre carreira do filho

14 / set
Publicado por Maria Lua Ribeiro em Futebol Internacional às 10:32

No futebol não faltam exemplos de filhos que herdam a profissão dos pais. Giovanni, filho do técnico do Atlético de Madrid, Diego Simeone, é um desses exemplos. Mas o ex-craque, que brilhou na seleção argentina entre a década de 90 e início dos anos 2000 – além de ter sido um dos destaques de clubes como Lazio, Inter de Milão e Atlético de Madrid – revelou que não pretende contratar seu herdeiro. Giovanni Simeone, de 23 anos, é atacante da Fiorentina.

LEIA MAIS:

Simeone lamenta ‘pré-temporada complexa’ do Atlético de Madrid

Simeone critica falta de liderança e “anarquia” na Argentina

Agência antidoping da Espanha abre investigação sobre Cheryshev

“Ele é um menino que tem tudo, mas, infelizmente, eu nunca vou contratá-lo. Eu não quero dizer ‘nunca’, mas é muito difícil ter o seu filho no vestiário, tanto para mim quanto para nossa relação”, disse o treinador dos Rojiblancos em entrevista ao jornal espanhol Marca. 

Diego Simeone e filhos. Foto: Reprodução/Twitter Giovanni Simeone

Simeone explicou que acompanha o trabalho do filho, e mas que não pretende ter relações profissionais com o jogador. O camisa 9, inclusive, tem sido alvo de especulações para fazer parte do Atlético de Madrid.  “Em cinco e seis anos, ele adquiriu uma importância maior, e nós falamos sobre essas situações. Talvez no dia em que eu não estiver mais no Atlético de Madrid, ele poderá estar apto para integrar o clube”, explicou.

Argentina

Giovanni foi um dos atletas que balançou as redes na partida entre a seleção argentina e a Guatemala (3×0), realizada no último sábado (8). Ele foi titular durante os 90 minutos. O atacante da Fiorentina, que já defendeu as cores de Genoa, soma 29 gols e oito assistências em duas temporadas na Europa.

 


FECHAR