publicidade
13/09/18
Na rede social, Bruno garantiu aos torcedores que fica para cumprir seu contrato no Náutico. Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Na rede social, Bruno garantiu aos torcedores que fica para cumprir seu contrato no Náutico. Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Bruno agradece Náutico e diz que fica no Timbu: “tenho contrato até 2020”

13 / set
Publicado por Tiago Morais em Náutico às 20:21

Dentre os atletas que vestiram a camisa do Náutico nesta temporada, ele foi um dos abraçados pela torcida e se tornou uma das caras do Timbu. O primeiro ano como titular de um grande clube foi inesquecível e mesmo não coroado com o acesso expressou sua felicidade pelo feito alcançado, o título que encerrou o jejum.

“Muito feliz pelo primeiro ano como titular,poder alcançar o tão sonhado título !! Infelizmente não veio o acesso , mas saio de cabeça erguida por ter dado o meu melhor”, escreveu o goleiro Bruno na sua conta no Instagram.

E pensar que por pouco ele não desistiu de estar no Náutico, no futebol, fazendo aquilo que sempre sonhou. Bruno chegou ao Náutico em 2013 vindo da base do Bahia e somente três anos depois conseguiu o feito que mudou sua carreira: fazer uma partida pelo elenco profissional.

Leia Mais:

>Dirigente e técnico do Náutico viajam até o Paraguai em busca de reforços

>2019: Diógenes Braga acredita em temporada próspera para o Náutico

>Dirigente do Náutico cita Ortigoza e diz que não há fórmula para novos ídolos

Em 2017 o momento mais difícil no clube foi também o da redenção. Finalizou a temporada atuando, teve que se adequar a uma redução salarial por conta da situação financeira do clube, mas com trabalho e confiança virou o jogo.

“Achava que seria complicado pra mim por coisas salariais. O meu salário reduziu no ano passado por conta da situação financeira do Náutico. Estava muito difícil pra mim o começo, mas graças a Deus eu pude jogar aí as coisas começaram a melhorar”, disse em entrevista à Rádio Jornal.

Das incertezas ao posto de titular, Bruno se garantiu no gol alvirrubro após Jefferson se lesionar. E não largou mais a posição. Fechou 2018 com 40 partidas disputadas, com o registro na história do clube ao ser campeão pernambucano, após um longo jejum.

“Eu achava que iria jogar por ser o segundo goleiro e ter vários campeonatos. Eu sabia que a hora iria chegar”, afirmou.

Contrato até 2020

Em abril o atleta teve da diretoria do Timbu o reconhecimento por sua entrega. Renovou o vínculo até 2020 e aos 24 anos se garantiu como camisa 1 do Náutico. Com o término da Série C, foi especulada uma saída que ele tratou logo de desmentir, fez questão de agradecer, e tem muitos motivos para isso.

“Agradeço a todos os torcedores familiares e amigos que me apoiaram nos momentos que mais precisei !!! Agradeço a Deus por tudo que o Náutico me proporcionou !!! Vida que segue família 🔴⚪( continuo até 2020 )”, registrou.


FECHAR