publicidade
05/09/18
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Eduardo credita derrota para o Bahia à falta de concentração

05 / set
Publicado por Karoline Albuquerque em Notícias às 22:47

Concentração. A palavra mais repetida por Eduardo Baptista, após a derrota por 2×0 para o Bahia, foi o aspecto que mais faltou ao time rubro-negro na noite desta quarta (5), em Salvador. Para o treinador do Sport, a oscilação de desempenho entre os dois tempos de jogo foi culminante para a 12ª derrota em 23 jogos na Série A.

“Mentalmente, ficamos totalmente desestabilizados após o gol. Vínhamos de um primeiro tempo muito bom, com um futebol reativo, propondo o jogo. Quando levamos o gol no início do segundo tempo, o time se desorganizou e, a partir de então, fizemos um jogo muito ruim”, avaliou.

Ainda segundo Eduardo, não ter sido cirúrgico nas oportunidades que teve no primeiro tempo também foi um erro que custou caro. Para o treinador, a recorrência nesta falha só tende a atrapalhar a recuperação do Leão na tabela.

“Nosso primeiro tempo aconteceu como eu gostaria. Tivemos três ou quatro chances claras de gol, mas não concluímos. O Bahia foi feliz e fez. Isso não pode acontecer. Temos que estar preparados psicologicamente para os 90 minutos e isso não vem acontecendo. Foi assim contra o América-MG e Botafogo. Precisamos ter resistência mental”, complementou Baptista.

Alheio aos problemas, o comandante rubro-negro já pensa no futuro, mais precisamente no Cruzeiro, adversário do próximo sábado (8), na Ilha do Retiro.

“Será difícil. Eles já jogam juntos há quase três anos, enquanto nós estamos numa constante formação. Teremos que ter muita atenção se quisermos fazer um grande jogo. Vamos precisar fazer um jogo muito bom taticamente e com muita concentação”, finalizou.


FECHAR