publicidade
10/08/18
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Torcedores reagem à nota do Corinthians sobre desistência por Juninho: “não fez mais que obrigação”

10 / ago
Publicado por Maria Lua Ribeiro em Notícias às 11:54

Parte dos torcedores do Corinthians se mostraram satisfeitos com a decisão do clube em desistir da contratação do atacante do Sport, Juninho. Ele atuaria na equipe sub-20 do time paulista, porém, depois de vários torcedores se posicionarem contrários à chegada do atleta na equipe, o Timão considerou não negociar com o mesmo. Juninho foi preso por agredir a ex-namorada em outubro do ano passado, mas pagou fiança, sendo liberado em seguida. Ele também foi punido do time profissional do Sport, na época em que Nelsinho Baptista comandava o Rubro-negro, por mau comportamento e indisciplina.

Confira as reações dos torcedores

LEIA MAIS:

Advogado de Juninho vai entrar com ação indenizatória contra o Corinthians

Corinthians desiste oficialmente da contratação de Juninho, do Sport

“Não fez mais que obrigação”, afirmou um torcedor. “Elas têm voz, a Fiel vence sim, e fiscalizaremos o Corithians sempre! Vencemos essa família, e vai Corinthians”, disse um internauta. “Imagina um agressor de mulher usando o manto sagrado do Timão. Seria o maior apoio aos agressores de mulher. Graças a Deus que não contrataram”, opinou uma torcedora.

“Essa torcida me enche de orgulho! Obrigada, meus amores! E não venham com essa não que a intenção de vocês era educar o cara e etc, porque se fosse mesmo, vocês teriam emitido uma nota sobre ANTES e ouvido a opinião da torcida. Tentaram se justificar, mas não deu. Pelo menos ele não vem”, manifestou a terceira.

Outro internauta afirmou que nem mesmo os torcedores do Sport, clube ao qual Junino pertence, quer ele atuando na equipe rubro-negra. “Ademais, é estranho porque o Sport nunca conseguiu educá-lo. É reincidente em indisciplina dentro e fora de campo. Nem a torcida do Sport quer ele. E, por pouco, sua diretoria ia se livrar e empurrar, pro Corinthians, esse problema”.


FECHAR