publicidade
09/08/18
Foto: Divulgação/Internacional
Foto: Divulgação/Internacional

Após comparação infeliz com Chape, atacante do Internacional pede desculpas

09 / ago
Publicado por Karoline Albuquerque em Notícias às 19:29

Uma comparação infeliz do atacante colorado Rossi repercutiu mal nesta quinta-feira (9). Em entrevista coletiva, o jogador ponderou que a temporada 2018 é de reconstrução no Internacional, pois o clube voltou à Série A do Campeonato Brasileiro após disputar a Segunda Divisão no ano passado. O problema é que ele citou como exemplo a Chapecoense, clube que defendeu, que precisou se reconstruir após uma tragédia aérea em 2016. Horas depois, Rossi pediu desculpas.

“O Inter vem numa reconstrução. Eu lembro… Quando falam em reconstrução eu lembro da Chape que ano passado a gente fez um elenco de reconstrução e conquistou muitas coisas lá. É como se um avião tivesse caído aqui também. Um time como o Inter jamais poderia ter caído para a uma segunda divisão. E eu acredito que isso seria uma reconstrução de um jeito que foi a Chape. Então, algo grande que eu almejo, claro, é uma Libertadores e quem sabe o título. Como eu falei, a gente pensa muito jogo a jogo. A gente vem batendo muito nessa tecla que cada jogo é uma final e a gente vai conquistar grandes coisas”, disse.

LEIA MAIS:

Último dia de transferências da Premier League tem 19 negociações de jogadores

Spray de árbitro explode no meio de jogo da pré-Liga dos Campeões

Apresentado, Courtois diz ‘realizar sonho’ ao chegar ao Real Madrid

O atacante foi bastante criticado pela comparação. Rossi, então, utilizou sua conta oficial no Instagram para expressar seu pedido de desculpas publicamente, junto a uma foto sua com a camisa do clube catarinense. “Pessoal, por óbvio me expressei mal. Peço desculpas a todos pela comparação fora de lugar que fiz e que não representa o que penso e o que tentei transmitir. Vivi de perto a dor que todos passaram em Chapecó e digo a vocês que nada se compara ao que lá se sucedeu. Peço desculpas!”, escreveu o jogador do Internacional.

O acidente com o voo LaMia 2933 aconteceu na noite de 28 de novembro de 2016, na Colômbia. O avião levava a delegação da Chapecoense para o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana daquela temporada. Com 77 pessoas a bordo, apenas seis sobreviveram, sendo quatro deles brasileiros: os jogadores Alan Ruschel, Neto e Jakson Follmann e o jornalista Rafael Henzel.

ROSSI

Durante a semana, o jogador foi protagonista de um momento mais leve com a camisa do Internacional. Na segunda-feira (6), o Colorado enfrentou o Atlético-MG na Arena Independência, pela 17ª rodada do Brasileirão, e venceu por 1×0. Durante o jogo, Belo Horizonte foi atingida por uma chuva de granizo. Rossi, então no banco de reservas, pegou uma pedra de gelo e comeu. Mais tarde, ele brincou em seu Twitter. “Pensei que em Minas chovia pão de queijo”, comentou.

rossi, instagram
Foto: Reprodução/Instagram


FECHAR