publicidade
12/07/18
Foto: FRANCK FIFE / AFP
Foto: FRANCK FIFE / AFP

‘Não acho que muita gente esperasse que chegássemos às semifinais’, diz Southgate

12 / jul
Publicado por Karoline Albuquerque em Copa 2018 às 8:03

Da AFP – O treinador inglês, Gareth Southgate, se mostrou muito orgulhoso de sua equipe apesar da decepção pela derrota por 2-1 para a Croácia, deixando os ingleses fora do que poderia ser a segunda final de sua história em uma Copa do Mundo, após o título conquistado em 1966.

“É impossível dizer qualquer coisa agora aos jogadores para fazer com que eles se sintam melhores”, afirmou o técnico em entrevista coletiva no estádio Luzhniki de Moscou.

“Não acho que muita gente esperasse que chegássemos às semifinais levando em conta a experiência dos últimos 18 meses, mas uma vez que a alcançamos, realmente achávamos que poderíamos vencer a partida”, revelou Southgate, ainda abatido pela derrota.

LEIA MAIS:

Fifa multa Uruguai e Inglaterra pelo uso de meias de marcas não autorizadas

Copa do Mundo tem campeão inédito a cada 20 anos

Os times dos 46 jogadores da final da Copa do Mundo

“Para nós era a oportunidade de fazer algo que somente uma equipe na nossa história conseguiu”, lembrou, em referência ao já distante troféu conquistado em casa.

Apesar da decepção, o técnico destacou a grande evolução de uma das equipes mais jovens da competição, com uma média de apenas 26 anos, que conseguiu voltar a sonhar com uma seleção que não ia às semifinais de uma Copa desde 1990, na Itália. Para trás ficaram outros fracassos memoráveis, como a saída na fase de grupos da Copa de 2014 no Brasil, e a eliminação nas oitavas pela modesta Islândia na última Eurocopa.

“Estou muito orgulhoso desse grupo de jogadores que realmente deram um passo à frente. Acho que a reação da torcida em relação há dois anos mostra isso, que as experiências com a Inglaterra podem ser positivas. O país está muito orgulhoso deles e da forma como jogaram. Existem muitos aspectos positivos a serem extraídos”, avaliou.

Contudo, o sonho desta nova Inglaterra acabou depois que Mario Mandzukic marcou um gol da Croácia aos 109 minutos, levado a talentosa equipe de Modric e companhia à primeira final de sua história, no domingo, contra a França.



FECHAR